Palmeiras derruba invencibilidade do Atlético-PR e segue em alta no BR

Thiago Ferri
LANCE!
Willian comemora seu gol na vitória do Palmeiras (Gazeta Press)

Willian

Willian comemora seu gol na vitória do Palmeiras (Gazeta Press)

O Palmeiras quebrou a série de nove partidas de invencibilidade do Atlético-PR e venceu o Furacão, por 2 a 0, no Allianz Parque. Os gols de Willian e Moisés colocaram a equipe ainda mais próxima da briga pela ponta do Campeonato Brasileiro após 23 rodadas.

Você já viu o novo app do Yahoo Esportes? Baixe agora!


Com a escalação praticamente “A”, aquela que jogo os mata-matas, Felipão manteve-se sem perder no Nacional desde que voltou. O Furacão, por sua vez, freia a boa fase com o técnico Tiago Nunes.

Primeiro tempo brigado
Dois times em ascensão no Brasileiro, Palmeiras e Atlético-PR fizeram um jogo duro no primeiro tempo. O Furacão começou melhor, tirando a saída de bola dos mandantes na defesa, mas a equipe de Felipão manteve-se bem postada. Quando passou a usar mais as bolas longas, o Verdão conseguiu incomodar mais, só que os goleiros Santos e Fernando Prass foram para o intervalo sem ter de trabalhar muito.

Deyverson muda o jogo
Borja teve mais um jogo em que não conseguia entender os pedidos de Felipão sem a bola. Ele ainda teve a chance de abrir o placar no início da segunda etapa, mas tentou o mais difícil: um voleio. Acabou furando.

Já com Bruno Henrique, o Verdão melhorou, mas ainda não agradava ao treinador, que lançou Deyverson na vaga do colombiano. De cara, o atacante já começou a correria que lhe é característica.

Só que sua principal jogada foi como um garçom, com um lançamento na medida para Willian, que voltou a marcar e chegou a 15 gols no ano. O camisa 29 só está atrás de Borja, que tem 18, na lista de artilheiros.

Moisés, no último lance, ainda converteu o pênalti sofrido pelo próprio Willian e fechou o placar. Foi a primeira penalidade convertida pelo Palmeiras depois de errar as últimas cinco seguidas.

Segue subindo...
Enquanto o Furacão não era derrotado há nove partidas, contando também a Copa Sul-Americana, o Verdão vai a oito rodadas invicto no Campeonato Brasileiro. Como resultado, vê a liderança cada vez mais próxima, agora aos 43 pontos. E no domingo tem clássico contra o Corinthians, também no Allianz.

O Atlético-PR, parado agora nos 27, perdeu a oportunidade de se aproximar do bloco que briga por Libertadores. Na próxima segunda, o time de Tiago Nunes vai visitar o Atlético-MG, no estádio Independência.

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 2 X 0 ATLÉTICO-PR
Local: Allianz Parque, São Paulo (SP)
Data-Hora: 5/9/2018 - 21h
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)
Auxiliares: Felipe Alan Costa de Oliveira (MG) e Ricardo Junio de Souza (MG)
Público/renda: 24.601 pagantes/R$ 1.263.083,14
Cartões amarelos: Fernando Prass e Dudu (PAL), Santos, Wellington e Renan Lodi (APR)
Cartões vermelhos: -
Gols: Willian (25'/2ºT) (1-0), Moisés (49'/2ºT) (2-0),

PALMEIRAS: Fernando Prass; Mayke, Antonio Carlos, Edu Dracena e Victor Luis; Thiago Santos (Bruno Henrique, no intervalo), Felipe Melo e Moisés; Willian, Dudu (Jean, aos 41'/2ºT) e Borja (Deyverson, aos . Técnico: Felipão.

ATLÉTICO-PR: Santos; Jonathan Rony, aos 35'/2ºT, Zé Ivaldo, Léo Pereira e Renan Lodi (Márcio Azevedo, aos; Wellington, Lucho González e Bruno Nazário (Guilherme, aos 17'/2ºT); Nikão, Marcinho e Pablo. Técnico: Tiago Nunes.

Leia mais:
– Jornal revela plano do Barça para contratar Rabiot e De Jong
– Morata se empolga com recomeço na Espanha
– Dracena explica influência de Felipão para seu crescimento

Leia também