Palmeiras confirma oficialmente a contratação do lateral uruguaio Viña

William Correia
LANCE!
Viña posa entre o presidente do Nacional, José Decurnex, e o advogado do Palmeiras, Leonardo Holanda (Divulgação)
Viña posa entre o presidente do Nacional, José Decurnex, e o advogado do Palmeiras, Leonardo Holanda (Divulgação)


O primeiro reforço da temporada está oficialmente confirmado pelo Palmeiras. O clube anunciou a contratação do lateral-esquerdo uruguaio Matías Viña, que estava no Nacional de Montevidéu e foi eleito o melhor jogador do país em 2019. O Verdão cedeu ao pedido da agora ex-equipe do atleta de 22 anos e ele atuará contra o Liverpool neste sábado, pela Supercopa Uruguaia.

O acerto financeiro já estava concluído na manhã desta sexta-feira. O Palmeiras desembolsará pouco menos de 3,5 milhões de euros (R$ 16,6 milhões), em três parcelas, por 50% dos direitos econômicos do lateral - o Palmeiras poderá aumentar o percentual do jogador ao longo dos cinco anos do contrato. A única pendência para o anúncio oficial estava na liberação para o seu jogo de despedida, pedido do jogador e do clube de Montevidéu, que o Verdão cedeu.


Confira as publicações nas redes sociais de Palmeiras e Nacional sobre Viña:

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

O Palmeiras vem negociando há semanas com o Nacional e enfrentou forte concorrência com o Milan. Viña tinha até passagens compradas para a Itália, mas o Verdão ficou com o lateral. Ele tem chegada a São Paulo prevista para o começo da próxima semana, para fazer exames médicos e se integrar ao restante do elenco comandado pelo técnico Vanderlei Luxemburgo.

Atual campeão uruguaio, Viña, que já atuou pela seleção principal, foi eleito o melhor jogador do Campeonato Uruguaio em votação envolvendo todos os técnicos e capitães das equipes participantes. Tornou-se profissional no Nacional, onde chegou em 2015. Tem histórico nas categorias de base da Celeste e vem sendo convocado para o time principal desde setembro. Já atuou como zagueiro, mas tem poder ofensivo e fez cinco gols em 2019.

Chega ao Verdão com potencial para ser titular. No Verdão, Victor Luis tem sido o dono da lateral esquerda. Diogo Barbosa dominou o setor nas duas últimas temporadas, mas terminou 2019 como um dos mais xingados pelos torcedores. Na posição, o elenco ainda tem Lucas Esteves, recém-promovido da base. A curiosidade é que o uruguaio será o segundo lateral-esquerdo estrangeiro da história do clube. O outro foi o colombiano Pablo Armero, contratado em 2009.

Viña será o 20º uruguaio a atuar no Palmeiras, consolidando o clube como o paulista com mais jogadores do país na história - o São Paulo tem 17, o Santos, 14, e o Corinthians, oito. Os últimos foram o zagueiro Victorino (2014) e o volante Eguren (de 2013 a 2014). O de maior sucesso é o meia Villadoniga, , que atuou entre 1942 e 1946, ficou conhecido como El Architeto nos títulos paulistas de 1942 e 1944, é o quinto estrangeiro que mais jogou (138 partidas e 52 gols) e chegou a representar o clube em campeonatos de bocha.

FICHA TÉCNICA
Nome: Matías Nicolás Viña Susperreguy
Nascimento: 09/11/1997, em Empalme Olmos-URU
Posição: Lateral-esquerdo
Clubes anteriores: Nacional-URU
Títulos: Liga Uruguaia (2019) e Sul-Americano Sub-20 (2017)












Leia também