Palmeiras chega ao 5º mês seguido com lucro após fechar março com forte superávit

Bilheterias no Allianz Parque têm sido fundamentais nas contas (Marcello Ferreli/Gazeta Press)

Decepcionante no Paulistão, o Palmeiras vai muito bem no campo financeiro. O clube fechou o mês de março com lucro de R$ 10,2 milhões, o maior no ano de 2017. Já são cinco meses seguidos com superávit – desde janeiro de 2016, o Verdão só registrou prejuízo duas vezes, em maio e outubro do ano passado (veja todos os resultados abaixo).

O forte lucro de março tem tudo a ver com o departamento de futebol, que registrou receitas de R$ 45,8 milhões. Excluindo as despesas, de R$ 34,3 milhões, houve um superávit de R$ 11,5 milhões, que ajudaram a cobrir os déficits de R$ 896 mil do clube social e de R$ 353 mil dos esportes não profissionais.

Assim como em meses anteriores, o Palmeiras conseguiu devolver dinheiro ao ex-presidente Paulo Nobre. A dívida, que já foi superior a R$ 200 milhões, está abaixo dos R$ 60 milhões e deve ser totalmente quitada até dezembro de 2018, de acordo com o novo mandatário, Maurício Galiotte.

As contas de março foram apresentadas ao COF (Conselho de Orientação Fiscal) na última segunda-feira e acabaram aprovadas por unanimidade.

OS RESULTADOS FINANCEIROS DO PALMEIRAS:
– 03/17: R$ 10,2 milhões
– 02/17: R$ 3,1 milhões
– 01/17: R$ 463 mil
– 12/16: R$ 216 mil
– 11/16: R$ 11,8 milhões
– 10/16: (R$ 331 mil)
– 09/16: R$ 44 mil
– 08/16: R$ 47,0 milhões
– 07/16: R$ 1,6 milhão
– 06/16: R$ 4,5 milhões
– 05/16: (R$ 942 mil)
– 04/16: R$ 6,2 milhões
– 03/16: R$ 9,6 milhões
– 02/16: R$ 6,0 milhões
– 01/16: R$ 3,5 milhões

Para acessar outras notícias do Blog do Jorge Nicola, clique aqui: