Palmeiras, Campeão incontestável da Copinha

·1 min de leitura
Jogadores do Palmeiras comemoram um dos gols, na vitória de 4 a 0 sobre o Santos. Foto: Marcello Zambrana/AGIF (Marcello Zambrana/AGIF)

O Palmeiras encerrou um tabu de mais de 50 anos e conquistou a Copa São Paulo de Futebol Júnior. A vitória de 4 a 0 sobre o Santos foi incontestável, aumentando ainda mais o merecimento palmeirense. A equipe só teve dificuldades contra Inter e São Paulo, nas quartas-de-final e semifinal.

O clube se preparou para isso, nos últimos anos, investindo em observadores e parcerias com times de base em vários Estados do Brasil. A captação de jogadores começou a dar resultados e o Palmeiras foi dominante em inúmeras catagorias, até chegar ao título sonhado.

Na decisão, o Palmeiras praticamente matou o jogo com 16 minutos, fazendo 3 a 0. O início foi avassalador e deixou o Santos desorientado. A expulsão do zagueiro Derick apenas deixou o confronto mais desigual.

Endrick, aos 15 anos, é a maior revelação do torneio e é diferente da grande maioria. Giovani foi o craque da competição e Gabriel Silva também foi protagonista. Além da qualidade técnica, o Palmeiras tinha nomes com passagens e convivência com o elenco profissional, dando lastro para encarar a pressão de conquistar a Copinha, dentro de casa e com torcida única.

Ao Santos, sem derrotismo. Diógenes, Lucas Reis, Lucas Barbosa, Wesley Patati e Rwan Secco podem ajudar o time de cima, bem trabalhados e lapidados. Vida que segue.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos