Palmeiras bate o América-SP e se aproxima de vaga nas oitavas de final da Copinha

O Palmeiras conseguiu mais uma vitória na Copa São Paulo de Futebol Júnior (Foto: Divulgação/ Palmeiras)


Com gols de Ruan Ribeiro e Ian, o Palmeiras venceu o América-SP por 3 a 1 na segunda rodada válida pela fase de grupos da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Lucas anotou o único gol da equipe de São José do Rio Preto na competição.

Com o resultado, o Verdão chega aos seis pontos na tabela da competição, atualmente na liderança do grupo 3. O América-SP, por sua vez, ainda não somou pontos e está em quarto lugar. Assim, a equipe de Paulo Victor Gomes está praticamente classificada para as oitavas de final da maior competição das categorias de base.

Valor de Andrey entra no top 22: veja as maiores vendas já feitas por clubes brasileiros

PARTIDA COMEÇA COM PRESSÃO PALMEIRENSE E GOL ANULADO

O início da partida pertenceu totalmente ao domínio do Palmeiras. Além da pressão em cima do América-SP, o Verdão foi o responsável por criar as primeiras oportunidades perigosas do confronto. Logo nos primeiros minutos, Kevin arriscou um voleio, e por pouco não entrou, saindo por cima.

Mantendo a posse de bola e a superioridade em campo, o Palmeiras quase abriu o placar aos 13, porém, o gol foi anulado. Ruan Ribeiro dominou e conseguiu finalizar, mas a arbitragem alegou impedimento. Sem VAR, o lance não foi analisado e o jogo seguiu.

O gol anulado não abalou as Crias da Academia. Poucos minutos depois, Gilberto tentou um cruzamento, que foi travado, e a bola sobrou para Estevão, que sem pensar duas vezes, finalizou. O goleiro Crystiano reagiu rápido e defendeu.

INSISTENTE, RUAN RIBEIRO ABRE O PLACAR

Ruan Ribeiro, depois de muita insistência, abriu o placar da partida. Kevin deu um cruzamento rasteiro para o camisa 9, que arriscou. A bola saiu por cima do goleiro Crystiano, mas o centroavante não desistiu. Tentou novamente e balançou as redes. O primeiro tempo terminou em vantagem para o Verdão por 1 a 0.

PÊNALTI PARA O PALMEIRAS

O segundo tempo começou com fortes emoções logo nos primeiros momentos com um pênalti marcado para o Verdão. Aos 3 minutos da etapa final, Ruan Ribeiro foi o responsável pela cobrança. Crystiano não conseguiu defender, caindo para o lado oposto.

MAIS UM PÊNALTI MARCADO E GRANDES DEFESAS DE CRYSTIANO

Pouco tempo depois da penalidade ser marcada para o Palmeiras, foi a vez do América-SP. Após Lucas driblar Henri, caiu na área após um toque do zagueiro do Verdão. O pênalti foi marcado pela arbitragem e Lucas bateu. O goleiro Aranha não conseguiu defender.

Um dos destaques foi do goleiro Crystiano. Estevão recebeu a bola e finalizou direto para o gol. O defensor conseguiu salvar com tranquilidade. No rebote, Ruan Ribeiro arriscou mais uma, e por um milagre, o goleiro salvou. Em um contra-ataque do Verdão, ficou cara a cara com Vitinho e fez mais uma defesa difícil.

IAN MARCA O TERCEIRO DO PALMEIRAS

David Kauãn deu a assistência, Ian recebeu pelo lado esquerdo e mandou uma bomba para o gol, de fora da área, sem dar chances para uma possível defesa do goleiro adversário.

O ritmo de jogo caiu nos minutos finais da partida, mas ainda sim com o Palmeiras controlando o duelo - assim como foi durante todo o confronto.

FICHA TÉCNICA

AMÉRICA-SP 1 x 3 PALMEIRAS

Estádio: Estádio Anísio Haddad, em São José do Rio Preto-SP
Data e hora: 6 de janeiro de 2023, às 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Guilherme Francisco Maciel da Silva e Rosário
Assistentes: Diego Morelli de Oliveira e Diego Morelli de Oliveira


Cartões amarelos: Wendell (Palmeiras)

Cartão vermelho: -

Gols: Ruan Ribeiro, aos 38´/1ºT (0-1); Ruan Ribeiro, aos 3º/2ºT (0-2); Lucas, aos 5´/2ºT (1-2); Ian, aos 28´/2ºT (1-3)


AMÉRICA-SP (Técnico: Fábio Ramin)
Crystiano; Enzo Doneli (Gabriel, aos 15´/2ºT), Pedro Gallina, Arthur e Eduardo; João Gabriel (Murilo Motta, aos 41´/1ºT), Heitor e Edmílson; Victor Hugo (David, aos 26´/2ºT), Lucas (Nicolas, aos 26´/2ºT) e Hélio Motta (Gui, aos 26´/2ºT).


PALMEIRAS (Técnico: Paulo Victor Gomes)
Gilberto, Henri, Talisca e Ian; Léo, Pedro Lima e Estevão (Allan, aos 18´/2ºT); David Kauã, Ruan Ribeiro (Vitinho, aos 18´/2ºT) e Kevin (Kauan Santos, aos 18´/2ºT).