Palmeiras bate Bragantino na estreia de Abel Ferreira e avança na Copa do Brasil

·2 minuto de leitura
SÃO PAULO, SP, 05.11.2020 – PALMEIRAS-RB BRAGANTINO: Partida entre Palmeiras e RB Bragantino, válida pela partida de volta das oitavas de finais da Copa do Brasil 2020, realizada na Arena Allianz Parque, na zona oeste de São Paulo, na noite desta quinta-feira (5). (Foto: Fernando Roberto/Uaifoto/Folhapress)
SÃO PAULO, SP, 05.11.2020 – PALMEIRAS-RB BRAGANTINO: Partida entre Palmeiras e RB Bragantino, válida pela partida de volta das oitavas de finais da Copa do Brasil 2020, realizada na Arena Allianz Parque, na zona oeste de São Paulo, na noite desta quinta-feira (5). (Foto: Fernando Roberto/Uaifoto/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O Palmeiras atuou pela primeira vez sob comando do português Abel Ferreira e avançou sem sustos às quartas de final da Copa do Brasil. O time alviverde venceu o Red Bull Bragantino por 1 a 0, na noite de quinta-feira (5), no Allianz Parque, e confirmou sua classificação.

Após um triunfo por 3 a 1 no jogo de ida, a equipe paulistana entrou em campo com vantagem confortável e a ampliou com gol de Gabriel Veron. O adversário na próxima fase será definido em sorteio.

Em sua primeira semana de trabalho no Palmeiras, o novo treinador preferiu não fazer alterações na formação que vinha sendo utilizada pelo comandante interino Andrey Lopes. A escalação foi mantida; a aposta na velocidade, também.

Nos primeiros minutos, o Bragantino até tentou ensaiar um jogo mais agressivo, marcando na frente e levando perigo em uma finalização de fora da área de Lucas Evangelista. Mas logo os donos da casa tomaram o controle das ações e evitaram maiores problemas.

Se ainda oferecia algum espaço na intermediária, o time verde soube usar sua rapidez para tornar o confronto ainda mais tranquilo. O gol que tornou o duelo das oitavas de final praticamente definido foi anotado por Gabriel Veron, aos 30 minutos do primeiro tempo.

O garoto, que entrara pouco antes no lugar do lesionado Wesley, aproveitou erro no toque de bola do Bragantino e puxou contra-ataque. A jogada teve boa participação de Rony e Viña, que cruzou para o próprio Veron completar, com bastante tranquilidade.

Com o placar somado dos jogos de ida e volta apontando 4 a 1, o ritmo caiu. Já não havia grande motivação para nenhuma das equipes forçar as pernas em uma temporada que vem sendo desafiadora do ponto de vista do preparo físico.

Os visitantes até fizeram substituições, buscando alguma alteração no panorama, mas nem isso deu certo para a formação de Bragança Paulista. Luan Cândido entrou aos 14 minutos da etapa final e foi expulso aos 21.

A partir daí, o Palmeiras apenas trocou passes à espera do apito final. Agora com cinco vitórias consecutivas, a equipe voltará a jogar no domingo (8), contra o Vasco, em São Januário, pelo Campeonato Brasileiro.

PALMEIRAS

Weverton, Gabriel Menino, Luan, Gustavo Gómez e Matías Viña (Gustavo Scarpa); Felipe Melo (Danilo), Zé Rafael e Raphael Veiga (Ramires); Rony, Wesley (Gabriel Veron) e Luiz Adriano (Willian). T.: Abel Ferreira

RED BULL BRAGANTINO

Cleiton, Aderlan, Ortiz, Ligger e Edimar (Luan Cândido); Ryller, Evangelista e Claudinho; Artur (Thonny Anderson), Morato (Cuello) e Hurtado (Ligger). T.: Mauricio Barbieri

Estádio: Allianz Parque, em São Paulo (SP)

Árbitro: Vinicius Gonçalves Dias Araújo (SP)

Assistentes: Alex Ang Ribeiro e Anderson José de Moraes Coelho (SP)

VAR: Marcio Henrique de Gois (SP)

Cartões amarelos: Luan Cândido (RBB)

Cartões vermelhos: Luan Cândido (RBB)

Gols: Gabriel Veron (PAL), aos 28min do 1ºT