Palmeiras avança em negociação pelo lateral-esquerdo Jorge

·2 minuto de leitura


O Palmeiras avançou na negociação para contratar o lateral-esquerdo Jorge, do Mônaco. O jogador é o nome favorito da diretoria para substituir Matías Viña, que tem acordo encaminhado para jogar na Roma, da Itália. A informação foi publicada pelo 'ge'.

Joia do Flamengo recebe proposta de clube inglês, Hazard planeja retorno ao Chelsea, Palmeiras recusa oferta por promessa… O Dia do Mercado

Jorge tem contrato com o clube francês até 2022 e o Palmeiras trabalha para contratá-lo em definitivo. Segundo a ESPN, a vontade do atleta é retornar ao Brasil e jogar pelo Verdão.

Jorge tem 25 anos e foi revelado pelo Flamengo em 2014. Após se destacar no clube carioca, foi vendido ao Mônaco, da França, no início de 2017. Sem se firmar, em 2019, o lateral foi emprestado ao Santos e teve bom desempenho, chegando a ser convocado para a Seleção Brasileira. O rival paulista tentou a sua permanência, mas não houve acordo.

Ele não entra em campo desde dezembro de 2020, quando lesionou o joelho atuando pelo Basel, da Suíça, novamente por empréstimo. A previsão era entre seis e sete meses de recuperação, mas o lateral já começou a trabalhar com bola no quinto mês. Jorge retornou ao Mônaco no dia 30 de junho e, ainda de acordo com a ESPN, o Alviverde já tem relatórios de exames recentes e testes realizados por pelo jogador.

Veja no aplicativo do LANCE! o resultado dos jogos da rodada

Enquanto a situação de Viña não se define, o uruguaio segue treinando normalmente, mas não deve mais entrar em campo pelo clube. Na Itália, ele será treinado por José Mourinho.

Por enquanto, Renan assume a titularidade de forma improvisada na lateral-esquerda do Palmeiras. Victor Luis e Lucas Esteves são as outras opções de Abel Ferreira para o setor.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos