Palmeiras apresenta o técnico Vanderlei Luxemburgo nesta sexta

Vanderlei Luxemburgo se manifestou em vídeo divulgado nas suas redes sociais após acerto (Reprodução/Twitter)
Vanderlei Luxemburgo se manifestou em vídeo divulgado nas suas redes sociais após acerto (Reprodução/Twitter)


O Palmeiras apresentará Vanderlei Luxemburgo à imprensa às 12h desta sexta-feira, na Academia de Futebol. Será a primeira entrevista coletiva do técnico nesta quinta passagem pelo clube, que já o anunciou oficialmente no domingo à noite, quando foi selado o acordo com vínculo de duas temporadas.

A apresentação não ocorreu antes por um conflito de agendas. Luxemburgo estava no Tocantins, onde tem investimentos, desde sexta-feira, e desembarcou no São Paulo no domingo somente para se reunir com o Palmeiras. Voltou para Palmeiras, onde recebeu homenagem na segunda.

Nos dias seguintes, a dificuldade ficou por conta da presença de Mauricio Galiotte. Na terça-feira, o presidente estava no Paraguai, acompanhando o sorteio da Libertadores, que terminou quase na madrugada de quarta-feira. O dirigente já está no Brasil e, nesta quinta, apresentou Anderson Barros e Edu Dracena como novos diretor de futebol e assessor técnico, respectivamente.

Luxemburgo, contudo, já vem trabalhando nos bastidores. Desembarcou em São Paulo no domingo com o contrato encaminhado e aproveitou a reunião para debater sobre o elenco com a diretoria. É esperado nesta quinta-feira para adiantar as decisões sobre a próxima temporada.

Vanderlei Luxemburgo tem seu nome na história do Palmeiras. Foi sob seu comando que o clube encerrou um jejum de quase 17 anos sem título ao vencer o Campeonato Paulista de 1993. Conquistou ainda os Brasileiros de 1993 e 1994, os Estaduais de 1994, 1996 e 2008 e o Torneio Rio-São Paulo de 1993 em suas quatro passagens anteriores pelo Verdão, de 1993 a 1994, de 1995 a 1996, em 2002 e entre 2008 e 2009.

De acordo com números do Palmeiras, Luxemburgo é o terceiro técnico que mais comandou (368 partidas, atrás de Oswaldo Brandão e Luiz Felipe Scolari) e venceu (221 vitórias, também perdendo somente para Brandão e Luiz Felipe Scolari) em toda a história do clube. Sua última passagem acabou em junho de 2009, por desentendimento com o então presidente Luiz Gonzaga Belluzzo.

Chega agora para comandar a reformulação do elenco, visando um estilo ofensivo. Tem a missão de fazer o time jogar para frente e com coragem, independentemente de seus últimos trabalhos (estava no Vasco neste ano). Diante da qualidade do elenco, o técnico é apontado como alguém em condição de colocar dentro de campo todo o seu potencial do plantel.









Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também