Palmeiras anuncia saída de Felipe Melo e fala em ídolo eterno

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·3 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Felipe Melo
    Ao VivoHojeAmanhãx--|
**Arquivo**SÃO PAULO, SP, 26.09.2017: FUTEBOL-PALMEIRAS - O zagueiro Felipe Melo no treino do Palmeiras na Academia de Futebol na zona oeste de São Paulo. (Foto: Ronny Santos/Folhapress)
**Arquivo**SÃO PAULO, SP, 26.09.2017: FUTEBOL-PALMEIRAS - O zagueiro Felipe Melo no treino do Palmeiras na Academia de Futebol na zona oeste de São Paulo. (Foto: Ronny Santos/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O Palmeiras anunciou na tarde deste sábado (4) a saída do volante Felipe Melo, 38, do clube. O anúncio foi feito por meio de uma carta de agradecimento e um vídeo publicados no site oficial.

Felipe Melo chegou ao Palmeiras em 2017 e, com a camisa alviverde, conquistou dois títulos da Libertadores (2020 e 2021), um Campeonato Brasileiro (2018), uma Copa do Brasil (2020) e um Campeonato Paulista (2020).

Nas duas conquistas continentais, o jogador, capitão da equipe, foi o responsável por levantar a taça de campeão da América.

"Em cinco anos houve também momentos difíceis, temporadas sem títulos, mas sempre com intensidade, como é ser Palmeiras e como é ser Felipe Melo. Realmente a sua escolha foi a melhor possível quando você decidiu voltar ao Brasil para dar sequência à sua vencedora carreira na Europa. Afinal, um verdadeiro campeão reconhece o outro", disse o Palmeiras, na carta ao jogador.

"Sua saída não marca o fim de sua trajetória no Palmeiras, mas o início da eternização."

Antes da final da Libertadores, em entrevista à Folha, o volante enalteceu a sequência de conquistas que teve com a equipe alviverde e os constantes bons resultados que conseguiu no clube.

"O Palmeiras aumentou o sarrafo", afirmou, sobre o patamar da equipe.

No Palmeiras, o volante foi por vezes criticado por seu temperamento explosivo e por posicionamentos públicos (por exemplo, em apoio ao presidente Jair Bolsonaro). Contou que, atualmente, uma vez por semana, por 2h40, desliga o celular para ler a Bíblia ou escutar salmos. Todos os dias lê passagens do livro, mesmo que tenha de acordar às 6h.

"O mais importante para o atleta é chegar em casa, poder dar um beijo [na esposa e filhos] e saber que deu o seu melhor. É isso, a paz interior de que fui lá e fiz o meu melhor. Já disseram que eu tenho o pé duro e agora [dizem que] sou o melhor passe do Brasil. Eu faço o ‘passe fatiado’ dez vezes por jogo. Se é outro [que faz isso], é o melhor do mundo. Para te falar a verdade, cada um fala o que quiser. Já falaram tanta besteira...", afirmou.

CONFIRA A ÍNTEGRA DA CARTA DO PALMEIRAS A FELIPE MELO

Felipe, quando você chegou, em janeiro de 2017, você disse que tinha o objetivo de ser ídolo do Palmeiras e conqusitar títulos importantes. Cinco anos depois, olhando em retrospectiva, você levantou o Brasileiro de 2018, o Paulista de 2020, a Copa do Brasil de 2020 e as duas Libertadores de 2020 e 2021. Que missão cumprida!

Por falar em Libertadores, você se lembra do quanto te instigava, do quanto te arrepiava ouvir das arquibancadas de que a Taça Libertadores é obsessão? Pois então. Você trouxe essa alegria à torcida que canta e vibra duas vezes. A mesma torcida que, desde o começo te abraçou e cantou a plenos pulmões: "o bagulho é doido, Felipe Melo pitbull cachorro louco".

Na primeira conquista, você precisou se esforçar e suar ainda mais para voltar a tempo de estar à disposição no Maracanã. Só você e sua família carregarão para sempre o valor do épico gol do Breno Lopes nos acréscimos. Em 2021, um caminho árduo. São Paulo favorito? Atlético-MG favorito? Flamengo? Você contagiou todos e mostrou que, sim, era possível. E foi. Deus capacitou!

Em cinco anos houve também momentos difíceis, temporadas sem títulos, mas sempre com intensidade, como é ser Palmeiras e como é ser Felipe Melo. Realmente a sua escolha foi a melhor possível quando você decidiu voltar ao Brasil para dar sequência à sua vencedora carreira na Europa. Afinal, um verdadeiro campeão reconhece o outro.

Decisões difíceis na hora certa definem o peso do personagem na história. Sua saída não marca o fim de sua trajetória no Palmeiras, mas o início da eternização. Você ascende ao patamar mais elevado que o futebol proporciona, marcado para sempre nas paredes do clube e na memória do torcedor. Felipe, você fez história no Maior Campeão do Brasil e agora tricampeão da América.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos