Palmeiras afasta Patrick de Paula após vídeo em balada

·2 minuto de leitura
DOHA, QATAR - FEBRUARY 11: Patrick de Paula of SE Palmeiras reacts during the FIFA Club World Cup Qatar 2020 3rd Place Play off match between Al Ahly and SE Palmeiras at the Education City Stadium on February 11, 2021 in Doha, Qatar. (Photo by Mohamed Farag - FIFA/FIFA via Getty Images)
Patrick de Paula foi flagrado por torcedores em balada clandestina na Zona Leste de São Paulo (Foto: Mohamed Farag - FIFA/FIFA via Getty Images)

O Palmeiras afastou Patrick de Paula após o jogador ser flagrado por torcedores em uma festa clandestina na madrugada desta segunda-feira (21). O comunicado do clube foi divulgado nas redes sociais e afirmou que as medidas são as mesmas tomadas em relação ao caso de Lucas Lima, que também quebrou os protocolos sanitários ao ir a uma festa

"Da mesma forma com que tratou a situação envolvendo o jogador Lucas Lima, o clube aplicará as sanções administrativas máximas determinadas pelo seu regulamento interno. Ambos os atletas ficam afastados dos treinamentos até determinação do Departamento de Futebol", afirmou o Palmeiras em comunicado. 

> Confira a classificação atualizada do Brasileirão 2021 e simule as rodadas!

+ Conheça o novo app do LANCE! e fique por dentro dos resultados e notícias!

O volante estava em uma balada clandestina no bairro do Tatuapé, na Zona Leste de São Paulo. Perseguido por torcedores, Patrick de Paula não conseguiu chegar no próprio carro. Ele foi ajudado por um segurança e voltou ao local da festa. Ao deixar o local, o volante usava máscara.

O Palmeiras lamentou o caso e afirmou que trata-se de "falta de empatia e de responsabilidade ainda ocorram em um momento tão difícil para a sociedade". 

No último sábado, o Brasil superou a marca de 500 mil mortes pela covid-19. Recentemente, dois funcionários do Palmeiras morreram em decorrência da covid-19: o podólogo Edson Silva e o segurança Cristiano de Oliveira. Por outro lado, o elenco palmeirense viajou ao Paraguai para receber a primeira dose da vacina contra o coronavírus, oferecida pela Conmebol. 

Além de Patrick de Paula e Lucas Lima, outros jogadores do Palmeiras já quebraram os protocolos sanitários, como Luiz Adriano, Felipe Melo, Danilo e Gabriel Veron. Todos foram advertidos pela diretoria.

Veja o momento em que Patrick de Paula é hostilizado por torcedores palmeirenses: 

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos