City abre 2 a 0, mas United vira no 2º tempo e adia festa do rival

EFE

Londres, 7 abr (EFE).- O Manchester City teve neste sábado no Etihad Stadium a chance de conquistar o título do Campeonato Inglês com cinco rodadas de antecipação e colocou a mão na taça ao abrir 2 a 0 no primeiro tempo, mas sofreu uma derrota de virada para o Manchester United por 3 a 2 e terá de esperar ao menos duas partidas para comemorar.

O time anfitrião, que entrou em campo com o moral abalado depois da derrota para o Liverpool por 3 a 0 na última quarta-feira, em jogo de ida pelas quartas de final da Liga dos Campeões, poderia dar a volta olímpica caso levasse a melhor no clássico de Manchester.

Entretanto, com o revés, a equipe dirigida pelo técnico Josep Guardiola parou nos 84 pontos, contra 71 do United, segundo colocado e que ainda tem 18 pontos a disputar.

Para os 'Diabos Vermelhos', além de estragar a festa do rival, o resultado serviu para consolidação na vice-liderança. O maior vencedor do Inglês, com 20 troféus, abriu quatro pontos de diferença para o terceiro colocado, o Liverpool, que mais cedo empatou com o Everton em 0 a 0 no Goodison Park, e para o quarto, o Tottenham, que bateu o Stoke City por 2 a 1 em Stoke-on-Trent.

Pensando na partida de volta pela 'Champions' contra os 'Reds', Guardiola deixou entre os reservas o lateral-direito Walker, o meia De Bruyne e os atacante Gabriel Jesus e Agüero, recuperado de lesão. Contudo, os três últimos entraram no decorrer do clássico. O goleiro Ederson, o lateral Danilo e o volante Fernandinho foram titulares.

Os 'Citizens' fizeram 1 a 0 aos 25 minutos do primeiro tempo, quando Sané cobrou escanteio, Kompany levou a melhor na disputa aérea com Smalling e cabeceou para o gol. Cinco minutos depois, Gündogan recebeu de Sterling, deu um bonito drible em Smalling e arrematou para fazer o segundo.

Se a etapa inicial foi toda dos donos da casa, a situação se inverteu depois do intervalo. O City diminuiu o ritmo, o United voltou do vestiário mais ligado e buscou a virada. Aos oito minutos, em linda jogada coletiva, Herrera ajeitou de peito e Pogba tocou na saída de Ederson para diminuir.

O empate aconteceu dois minutos depois, com mais um gol de Pogba, que ainda não havia marcado pela 'Premier League' desde a volta ao United, no começo da temporada passada. Sánchez cruzou e o meia francês marcou de cabeça.

O atacante chileno foi também o responsável pela assistência para o gol da virada. Ele cobrou falta da ponta esquerda, Smalling cabeceou e colocou os 'Diabos Vermelhos' à frente, aps 24 minutos. EFE

jp/dr


Leia também