Na França, futebol feminino bate recorde de público

Yahoo Esportes
<em>Mais de 25 mil pessoas acompanharam o duelo em Lyon (Daniela Porcelli/Getty Images)</em>
Mais de 25 mil pessoas acompanharam o duelo em Lyon (Daniela Porcelli/Getty Images)

O futebol feminino deu nova prova de que é capaz de atrair multidões, desta vez na França, palco da Copa do Mundo Feminina 2019. O jogo entre Lyon e Paris Saint-Germain, disputado no sábado (13) e válido pelo Campeonato Francês, reuniu 25.907 pessoas e registrou um novo recorde de público da modalidade no país.

Os times entraram em campo empatados em 53 pontos na tabela na ponta tabela. O Lyon venceu por 5 a 0 e, de quebra, assumiu a liderança isolada.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

O detalhe é que o jogo foi disputado no estádio Parc Olympique Lyonnais, que receberá as semifinais e a grande final do Mundial, que será disputado entre 7 de junho e 7 de julho. O número é o dobro do recorde anterior, de 2011, quando 12.263 torcedoers acompanharam o duelo entre Guingamp e Lyon.

O recorde é apenas mais uma das conquistas do futebol de mulheres do Olympique Lyonnais, uma das equipes mais vitoriosas do futebol feminino que empilhou taças importantes nos últimos anos, como cinco títulos da Liga dos Campeões, nove da Copa da França Feminina e da Liga dos Campeões e 16 do Francês Feminino.

Palco da Copa do Mundo, a França segue o exemplo de Espanha e Itália, que também registraram recordes de público recentemente. Mais de 60 mil pessoas acompanharam o duelo entre Atlético de Madri e Barcelona no Wanda Metropolitano em março, pelo Campeonato Espanhol Feminino. Pouco depois, foi a vez do recorde no Campeonato Italiano, em que quase 40 mil pessoas estiveram presentes no duelo entre Juventus e Fiorentinta no estádio em Turim.

<em>Recorde anterior, de 2011, era de pouco mais de 12 mil pessoas (Daniela Porcelli/Getty Images)</em>
Recorde anterior, de 2011, era de pouco mais de 12 mil pessoas (Daniela Porcelli/Getty Images)

Veja mais de Futebol Feminino no Yahoo Esportes

Mais no Yahoo Esportes:

Carille tenta fazer história, Cuca busca primeira taça no Paulista

Corinthians terá razão em não entrar em campo, mas vai cumprir a ameaça?

Relatório reabre debate Vila Belmiro x Pacaembu no Santos

 


Leia também