Pai de Juninho Quixadá morre vítima do coronavírus

Futebol Latino
LANCE!


O atacante Juninho Quixadá iniciou a semana recebendo uma notícia triste. O seu pai, Pedro Julião Azevedo, acabou falecendo na cidade de Quixeramobim, distante pouco mais de 200 quilômetros de Fortaleza, como mais uma vítima fatal do novo coronavírus.

Pedro chegou a ser internado no Hospital Regional Sertão Central, mas não resistiu aos efeitos da COVID-19 e teve sua morte decretada às 20h (horário de Brasília) da última segunda-feira (11).

Além da confirmação dada pela família a veículos de imprensa, o jogador de 34 anos de idade também fez uma postagem em sua rede social lamentando o falecimento de seu pai:

- Minhas férias nunca mais serão as mesas. Que Deus lhe receba de braços abertos, meu pai.

Através também das redes sociais, o Vozão publicou uma mensagem prestando suas condolências ao triste fato:

- Desejamos força ao atleta Juninho Quixadá e toda sua família neste momento tão delicado. Que recebam todo o carinho da Nação Alvinegra.

Na última atualização, feita na tarde dessa quarta-feira (13) pela Secretaria da Saúde a plataforma de monitoramento IntegraSUS, o estado do Ceará contava com 18.971 casos confirmados de infecção com 1.357 óbitos. Como medida de contenção, a capital Fortaleza está em situação de lockdown (confinamento) desde a última sexta-feira (8).












Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também