Pai e irmão de Griezmann criticam Quique Setién nas redes sociais


Após as polêmicas envolvendo a participação de Griezmann na partida do Barcelona contra o Atlético de Madrid, o pai e o irmão do jogador usaram as redes sociais para criticar Quique Setién. Ambas as mensagens foram apagadas mais tarde, mas Alain Griezmann saiu em defesa do filho após entrevista em que o treinador disse que não iria pedir desculpas ao atacante.

- Para pedir desculpas, primeiro você tem que ter a chave do caminhão e este não é seu caso, você é apenas um passageiro - declarou o pai do 17, sobre a falta de comando e a possível saída do técnico.


O francês entrou aos 45 minutos do segundo tempo em um jogo em que a equipe blaugrana estava empatando por 2 a 2 com o Atlético de Madrid. Com o resultado, o time fica mais longe da briga pelo título. O irmão de Griezmann, Theo, também criticou a mudança no final da partida.

- Me dá vontade de chorar, de verdade. Dois minutos… - disse em referência ao tempo que o jogador teria em campo.

A situação de Quique Setién não é a mais confortável e jogo após jogo as polêmicas só aumentam. Contra o Celta de Vigo, os jogadores ignoraram as instruções passadas por Eder Sarabia, assistente do treinador, e um clima ruim foi perceptível. A relação de comandante e comandados parece cada vez pior.






Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também