Pachequinho aguarda volta de lesionados para definir o Coxa

O Coritiba só deve ter o time que encara o Cianorte, pela segunda partida das semifinais do Campeonato Paranaense, definido em cima da hora, já que a comissão técnica ainda guarda por boas notícias do departamento médico. O time terá que vencer em casa, já que perdeu na ida por 1 a 0 para o Leão do Vale.

O volante Alan Santos, que saiu na partida no norte do Estado com um desconforto muscular, e o atacante Neto Berola, que sentiu dores no tornozelo, voltaram a treinar e devem ser as primeiras boas novidade para o técnico interino Pachequinho. Já o volante Matheus Galdezani, que se recuperou de uma lesão no joelho, anda fortalece a parte física e pode até ficar como opção, mas a tendência é ainda aguardar um pouco mais.

Somado a isso, a volta do atacante Kléber Gladiador, que cumpriu suspensão, dá uma esperança mais para o torcedor que espera ver um time mais eficiente. Enquanto isso, o volante João Paulo e o atacante Rildo não devem mesmo atuar mais no Estadual, ficando à disposição apenas para o Brasileirão.