Pablo, sobre goleiro Bruno: 'Todo ser humano precisa de segunda chance'

Zagueiro do Corinthians tenta fugir de assunto delicado, mas fala sobre a volta do goleiro aos gramados. Ele também falou sobre a nova dupla, jogo contra o Luverdense...

O zagueiro Pablo, do Corinthians, falou em entrevista coletiva nesta terça-feira sobre o goleiro Bruno, que deixou a prisão na semana passada e foi anunciado pelo Boa Esporte. O defensor do Timão relutou um pouco a dar sua opinião sobre o delicado assunto, mas concedeu duas resposta.

- Eu não sei o que falar. É um ser humano. Eu penso assim. Óbvio que é difícil falar sobre um assunto como esse, se errou está se pagando para isso - afirmou Pablo.

- Acho que todo ser humano precisa de uma segunda chance. Ninguém é perfeito, óbvio que tem coisas com mais gravidade, mas todo ser humano merece uma segunda chance - acrescentou.

O goleiro Bruno foi apresentado nesta terça-feira pelo Boa Esporte. Ele foi condenado a 22 anos pela morte de Eliza Samudio e ficou apenas sete presos. Foi solto na semana passada e já assinou por duas temporadas com o clube mineiro.

Já o zagueiro do Timão não falou apenas sobre o "caso Bruno". Confira abaixo as respostas de Pablo sobre a nova dupla de zaga, jogo contra o Luverdense, entre outras.

COMO SERÁ FORMAR A DUPLA DE ZAGA COM PEDRO HENRIQUE?
É um jogador de qualidade, novo, cabeça boa. Isso é muito importante no momento de orientar e ele escutar. Acredito que temos o mesmo pensamento, a mesma filosofia de trabalho, e isso vai nos ajudar a manter essa consistência defensiva. O Pedro Henrique é um cara concentrado, profissional e bem humilde. Nos dois jogos que ele atuou, foram com equipes mistas. É óbvio que muda um pouquinho, devemos ter mais concentração. É só esse ajuste.

COMO TEM RECEBIDO OS ELOGIOS DA TORCIDA?
Ainda falta muito. É só o começo. É bom escutar elogios, mas sou muito concentrado, com pés no chão. Joguei dez jogos de 70 no ano. Vou continuar na mesma pegada e humildade, trabalhando, com foco, do jeito que eu sou. O importante é manter uma regularidade. Vou continuar com o mesmo trabalho para conseguir manter essa regularidade.

ESTÁ EMPRESTADO ATÉ O FIM DO ANO PELO BORDEAUX. QUER FICAR ME 2018?
Única coisa que posso dizer é que estou muito feliz. Tive um 2016 horrível, com duas lesões. Precisava jogar, e o Corinthians abriu as portas para mim. Como eu já falei, é um sonho realizado. Mas não sei o que vai acontecer no futuro. O Corinthians tem a possibilidade de comprar, e cabe a ele analisar. Só posso dizer que estou muito feliz.

APÓS A VITÓRIA POR 2 A 0 SOBRE O LUVERDENSE, A VAGA PARA A QUARTA FASE DA COPA DO BRASIL ESTÁ ENCAMINHADA?
Não tem nada encaminhado. Fizemos bom resultado fora de casa, mas no futebol não tem moleza. Não tem time fraco. Vamos entrar da mesma forma que o jogo passado. Semana passada o Barcelona meteu 6 a 1 num jogo que estava praticamente ganho. Vamos entrar do mesmo jeito para não ter surpresa.



















E MAIS: