Pablo recebe carinho dos jogadores do São Paulo após gols no clássico


Pablo não vinha vivendo um bom momento no São Paulo. Apesar de ter dado três assistências na temporada, não marcava um gol desde a vitória sobre o Água Santa, em janeiro, e acumulava uma atuação ruim em termos de finalizações contra o Binacional, no Peru. Mas internamente, enquanto isso, ele contava com a força do grupo e recebeu o carinho dos companheiros após anotar os dois tentos da vitória de virada sobre o Santos, no último sábado.

TABELA
> Veja classificação e simulador do Paulistão clicando aqui

Um dos depoimentos dados ao site oficial do clube foi de Tchê Tchê, que elogiou o colega de time e citou suas virtudes na convivência com o grupo.

- O Pablo é batalhador, de grupo e merece celebrar estes gols decisivos. É um jogador querido por todos no grupo - disse o volante.

Vitor Bueno foi outro que não poupou seus sentimentos para falar do amigo. Para o meia, foi Pablo o responsável por resolver o jogo para o Tricolor.

- Estamos felizes por ele. O Pablo é importante para o time e resolveu o jogo para nós. Estamos muito contentes com ele - afirmou o camisa 12.










Bruno Alves foi o atleta que deixou o campo no intervalo para a entrada de Pablo, em uma alteração ousada de Fernando Diniz, quando o Santos já tinha um homem a menos em campo. Para o zagueiro, os dois gols e a vitória no clássico coroam o trabalho constante do centroavante.

- O Pablo é um grande jogador, amigo de todos e que sempre nos ajudou. E os gols são uma recompensa pela batalha dele, porque sempre se empenhou bastante pelo time - elogiou o defensor.

Por fim, Juanfran comentou a importância da entrada de Pablo na virada sobre o Peixe e valorizou o empenho do companheiro nos últimos jogos. Para o espanhol, faltava apenas que o camisa 9 reencontrasse seu faro de gol.

- Com a entrada de gente como o Pablo nos deu mais ar e foi merecido para ele, porque ele está trabalhando muito e fez muitos jogos bons neste ano, mas não estava encontrando o caminho do gol e agora encontrou, além de nos dar a vitória em um clássico que é muito importante para a gente - concluiu.

O elenco do São Paulo terá dois dias de folga até se reapresentar na próxima terça-feira, no CT da Barra Funda. Sem o duelo com o River Plate, pela Libertadores, adiado por conta do coronavírus, a comissão técnica prepara o grupo para enfrentar o Red Bull Bragantino, no próximo sábado, no Morumbi, pela 11ª rodada do Paulistão-2020. O Tricolor lidera o Grupo C com 18 pontos.








Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também