Pablo e Vitor Bueno voltam a jogar mal após partidas com gols e marcam eliminação do São Paulo

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


A eliminação do São Paulo na Libertadores, na derrota diante do Palmeiras, por 3 a 0, na última terça-feira (17), ficou marcada negativamente por erros de dois atacantes que vinham de atuações melhores, recebendo chances em meio aos vários desfalques da equipe: Vitor Bueno e Pablo.


CONFIRA A TABELA ATUALIZADA E SIMULE OS JOGOS DO BRASILEIRÃO DE 2021!

Sem contar com peças importantes no ataque como Luciano, Eder e Marquinhos, Crespo utilizou Pablo e Vitor Bueno como centroavantes nos últimos jogos, intercalando atuações para que evitarem desgaste.

Pablo foi titular nas duas partidas das oitavas de final da Copa do Brasil, contra o Vasco, marcando um gol no primeiro jogo, no Morumbi e dando uma assistência na partida de volta, em São Januário, sendo um dos destaques da classificação são-paulina.

Depois dos jogos contra o Vasco, na última partida antes do Choque-Rei pela Libertadores, Pablo jogou muito bem e fez dois gols contra o seu ex-clube, o Athlético Paranaense, na vitória por 2 a 1, fora de casa.

Vitor Bueno, por outro lado, saiu do banco na partida de volta contra o Vasco, mas pouco agregou na partida. A boa atuação do camisa 12, porém, foi no jogo contra o Grêmio, pelo Brasileirão, onde marcou um gol de falta na vitória por 2 a 1 e foi um dos protagonistas da partida.

Na partida desta terça-feira, os dois jogadores deixaram a desejar. Pablo foi titular e não fez uma boa partida. No segundo tempo, o camisa 9 teve a chance do jogo nos pés, podendo empatar o jogo quando o placar ainda estava 1 a 0 para o Palmeiras.

Pablo teve a bola dominada, cara a cara com Weverton, muito próximo do gol adversário e conseguiu, mesmo assim, chutar a bola por cima do travessão, desperdiçando a principal chance do time empatar a partida e tentar se classificar para a semifinal da Libertadores.

Vitor Bueno entrou aos 30 minutos da segunda etapa, quando o jogo já estava 2 a 0, e, após pouco agregar na partida, foi expulso com apenas sete minutos em campo, por um pisão no tornozelo do zagueiro Gustavo Gómez.

Os dois atacantes receberam oportunidades devido aos desfalques e tiveram atuações melhores em algumas partidas, mas deixaram a desejar no clássico decisivo diante do Palmeiras, sendo personagens marcantes da eliminação.

O São Paulo contou, porém, com a volta do atacante Eder no Choque-Rei, o que pode ajudar Crespo a ter diferentes possibilidades para montar o ataque do Tricolor nas próximas partidas.

O Tricolor volta a campo no próximo domingo (22), às 20h30, contra o Sport, pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro, na Ilha do Retiro em um duelo direto na luta na parte de baixo da tabela.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos