Pablo é mais um: Flamengo chega a 20 problemas físicos na temporada

Pablo já passou pelo DM e será reavaliado após deixar jogo do Flamengo com dores (Foto: Marcelo Cortes / Flamengo)


O técnico Paulo Sousa vem convivendo com uma série de desfalques desde que chegou ao Flamengo, em janeiro. Contra o Talleres (ARG), nesta quarta-feira pela Libertadores, foram oito desfalques, todos entregues ao departamento médico, e a lista pode aumentar: Pablo, substituído com dores na coxa esquerda, será reavaliado no Ninho do Urubu. O informe sobre o camisa 30 foi o 20º do clube a respeito de problemas físicos ou lesões em 2022.

Além deles, o lateral-esquerdo Filipe Luís e o atacante Pedro, autor do gol do empate, deixaram o Estádio Mario Alberto Kempes com dores, e também serão reavaliados na reapresentação do elenco no CT, como é de praxe no Flamengo.

SETOR DEFENSIVO: O MAIS ATINGIDO

As ausências no setor defensivo rubro-negro são constantes. A começar por Rodrigo Caio, que, em recuperação de cirurgia no joelho direito e uma infecção no local dos pontos, ainda não atuou em 2022. O zagueiro está em fase final de recuperação e, no último domingo, até viajou com a delegação para o jogo contra o Altos, iniciando o processo de reintegração a pedido de Paulo Sousa.

Em fevereiro, o clube informou que David Luiz e Léo Pereira apresentaram desgaste muscular acentuado, e perderam três e um jogo, respectivamente. No último dia 3, Léo Pereira sentiu dores na coxa esquerda e já ficou fora contra o Talleres. O zagueiro realizou exames, mas o resultado ainda não foi divulgado.

Já Gustavo Henrique sofreu entorse no joelho direito, em 20 de fevereiro, e lesão no quadríceps, em 10 de abril, sendo desfalque em 14 partidas até o momento. O lateral Isla também sofreu lesão no quadríceps, informada em 3 de abril. Fabrício Bruno, por conta de um trauma no pé esquerdo, é baixa desde o dia 31 de março. Contra o Talleres, completou 10 partidas fora do time.

Dois dos reforços para a temporada, Ayrton Lucas e Pablo viveram situações diferentes. O lateral chegou ao clube em recuperação de uma lesão no tornozelo esquerdo. Do anúncio da sua contratação até sua estreia, contra o Altos, foram oito jogos. Já o zagueiro sofreu uma lesão no ligamento colateral medial do joelho direito, e a recuperação também o tirou de oito partidas.

Fechando o setor, estão o experiente goleiro Diego Alves - fora de dois jogos por conta de dores no joelho esquerdo, em fevereiro - e o jovem lateral-direito Matheuzinho, que, em recuperação de uma lesão na coxa direita, não esteve à disposição de Paulo Sousa nos últimos seis compromissos do Rubro-Negro.

E MAIS: Confira a classificação completa e as próximas rodadas do Brasileirão!

TRAUMAS, FRATURAS E LESÕES MUSCULARES

Os desfalques do Flamengo também se acumulam do meio para frente. Quem sofreu a lesão mais grave foi o jovem Matheus França, que fraturou a fíbula da perna direita e passou por cirurgia no dia 25 de abril. O meia já iniciou a fisioterapia, e o prazo estimado para retorno foi de três a quatro meses.

Falando em fratura, o Flamengo informou, no último dia 3, que o atacante Marinho sofreu uma fratura na costela, mas não deu prazo para a recuperação.

Já no setor do meio de campo, Thiago Maia foi baixa em quatro partidas ao recuperar-se de uma pancada no treino, a qual abriu um corte profundo em sua perna direita. Andreas Pereira, com dores nas costas, foi baixa no jogo contra o Altos, enquanto Vitinho, em recuperação de lesão muscular desde 31 de março, não esteve à disposição de Paulo Sousa nos últimos 10 jogos do Fla.

Por fim, Bruno Henrique: em 2022, o Flamengo já informou que o camisa 27 apresentou desgaste muscular acentuado, sofreu lesão na coxa direita, luxação no ombro esquerdo e tendinopatia no joelho direito. Ao todo, o atacante ficou de fora de sete compromissos do Rubro-Negro devido aos problemas citados.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos