'País de maricas': Craque Neto desabafa sobre fala de Bolsonaro

LANCE!
·1 minuto de leitura


Neto cada vez mais vem usando seu espaço na 'Band' para falar de assuntos além do futebol. Nesta quinta-feira, durante 'Os Donos da Bola', o 'Craque' comentou a fala do presidente da República, Jair Bolsonaro, que afirmou que 'todos nós vamos morrer um dia', quando falava da pandemia que já matou mais de 160 mil brasileiros.

O presidente arrematou afirmando que não adiantava 'fugir' dessa realidade e que por isso motivo o Brasil seria um 'país de maricas'.

- Aqui todo mundo vai morrer. Não adianta fugir disso, fugir da realidade. Tem que deixar de ser um país de maricas - disse, na ocasião.

O apresentador Neto desabafou sobre a fala de Bolsonaro, falou que o Brasil é um país trabalhador, mas racista, e questionou a quem favorecia a opinião do presidente.

- Quando o presidente fala que somos um país de maricas, como você pode acreditar no povo? Como você pode acreditar que o povo é trabalhador, que estamos passado uma fase desgranhenta, as pessoas arrebentando para trabalhar.... Nós somos um povo de maricas? Muito pelo contrário, até porque quem é homofóbico não sabe o que é ser gay, hétero, um país de racistas, que nós somos. Aí um presidente vem e fala isso. É mais ou menos igual ao futebol, favorece quem? Sempre os grandes - afirmou.