Pós-pandemia: brasileiros contam rotina na Coreia do Sul após um mês da retomada do futebol no país


A Coreia do Sul foi um dos primeiros países a retomar o futebol após o período de paralisação por conta da pandemia da COVI-19. Um mês após o regresso, dois brasileiros contam como têm sido os mais de 30 dias de bola rolando em solo sul-coreano e quais flexibilizações o governo pretende adotar ainda nas próximas semanas.

Um dos principais destaques do Gwangju na K-League 1, o atacante Willyan Barbosa relata as medidas que estão sendo impostas pelo governo desde a retomada do futebol no país asiático no dia 8 de maio.

– Não sabemos quanto tempo vai durar isso até tudo voltar ao normal, mas no momento os jogos ainda têm sido realizados sem a presença do torcedor. Nós, jogadores, estamos tendo que usar máscaras na chegada ao estádio, além de fazer a medição da temperatura. Dentro de campo não podemos abraçar os outros, a não ser cumprimentos com toques – relatou Willyan.




O mesmo procedimento ocorre também nos jogos disputados pela K-League 2. Outro brasileiro que vem se destacando nessa retomada é o atacante Leandrinho, do Seoul E-Land. O jogador revela que nesse primeiro mês as autoridades não adotaram nenhuma mudança no protocolo, mas que já pensam em flexibilizar a entrada de torcedores ainda neste mês de junho.

– Nesse primeiro mês não teve muita mudança, porque nenhum jogador foi infectado e o campeonato está seguindo da melhor forma. Está tudo dentro dos conformes, mas autoridades já estão pensando na flexibilização para colocar torcida única nos jogos neste mês. Estamos esperando como vai resolver a questão da volta dos torcedores no estádio, mas pelo jeito, eles estão bem otimistas para essa liberação – contou Leandrinho.


Role para baixo para continuar lendo
Anúncio
Leandrinho - Seoul E-Land
Leandrinho - Seoul E-Land

Leandrinho busca artilharia na Coreia (Divulgação/Seoul E-Land)

Os jogos na Coreia do Sul seguem, mas ainda com os portões fechados. O Gwangju, do atacante Willyan Barbosa enfrenta o Jeonbuk Motors, neste domingo, às 6h (horário de Brasília). Já o Seoul E-Land, do brasileiro Leandrinho, entra em campo segunda-feira, às 7h30 (horário de Brasília), contra o Ansan Greeners.


Leia também