Pênalti polêmico decide vitória do Internacional sobre o Bahia; Esquadrão protesta

·1 minuto de leitura

Uma vitória é uma vitória, e em contexto de crise, pouco importa a forma como ela é conquistada. Para o Internacional, o triunfo por 1 a 0 sobre o Bahia obtido na noite deste domingo (13) foi muito importante para apaziguar, ainda que minimamente, o ambiente de pressão no Beira-Rio. Mas para o Esquadrão, o revés foi doloroso e gerou muitas reclamações nas redes, principalmente pelo fato do lance que decidiu o placar ter sido altamente polêmico e controverso.

O carioca Wagner do Nascimento Magalhães assinalou penalidade de Matheus Teixeira em Edenílson, infração convertida pelo próprio capitão colorado. Torcedores do Bahia se revoltaram com a marcação e com a atuação do árbitro em outros lances capitais da partida: muitos tricolores reivindicaram uma suposta penalidade não-assinalada em Rodriguinho.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

O próprio perfil oficial do Bahia externou, de forma sutil, sua indignação com a marcação da penalidade em favor do Internacional:

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Em entrevista pós-jogo, o volante Patrick valorizou a postura do time vermelho no confronto: "Acho que o espírito do Inter foi muito importante hoje, de uma equipe que quer melhorar, que quer dar resposta para o torcedor e para si mesmo. Essa vitória tira um pouco do peso, mas tem muita estrada pela frente, a gente tem que continuar dando resposta", afirmou.

O placar positivo tirou o Colorado da "zona da confusão" do Brasileirão: com quatro pontos, o time gaúcho agora ocupa a 13ª colocação da Série A. O Bahia, com os mesmos quatro pontos, ocupa a 8ª colocação pelos critérios de desempate.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos