Página do site da Anvisa é hackeada e substituída por bandeira da Argentina

·1 minuto de leitura


A página do site da Anvisa onde se encontra a Declaração de Saúde do Viajante (DSV) foi hackeada, nesta quarta-feira, e substituída por uma bandeira da Argentina. O ataque foi relacionado ao jogo paralisado entre a Seleção Brasileira e a Argentina do último domingo, quando quatro atletas argentinos foram impedidos de participar da partida por fraude neste formulário.

- Não ficamos de "quarenta" para passear pelos seus servidores. vamos ser expulsos também? - escreveram os hackers abaixo da bandeira da Argentina.

> Confira a classificação atualizada do Brasileirão 2021 e simule as rodadas!

A Declaração é um documento obrigatório para qualquer pessoa que queira entrar no Brasil durante a pandemia. E este formulário foi preenchido de maneira mentirosa por membros da seleção argentina, onde afirmaram que quatro atletas não tinham passado pelo Reino Unido nos últimos 14 dias, resultando na paralisação do confronto contra o Brasil no domingo.

+ Conheça o novo app do LANCE! e fique por dentro dos resultados e notícias!

- Diante dessa ação criminosa a Anvisa está acionando de imediato a Polícia Federal e adotando medidas técnicas para buscar a recomposição do sistema - declarou a Anvisa ao jornal Folha de São Paulo.

No domingo, após cerca de uma hora de mistério e confusão causada por argentinos violarem leis sanitárias, a Conmebol confirmou que o confronto válido pela sexta rodada das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022 foi suspenso.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos