Outra vez desfalque, Cavalieri vê a sombra de Julio César cada vez maior no Fluminense

Diego Cavalieri é um ídolo do Fluminense, e está em sua sétima temporada no clube das Laranjeiras. No entanto, o camisa 12 vai fazendo um ano um tanto quanto irregular. Primeiro, uma lesão no tornozelo o tirou de partidas importantes e, com isso, Julio César conseguiu mostrar que é uma excelente sombra para a posição.

Expulso na derrota por 2 a 1 para o Goiás, na última quinta-feira (13), pela Copa do Brasil, Cavalieri será desfalque no jogo de volta, marcado para a próxima quarta (19).  Com isso, Julio César ganha uma nova oportunidade para mostrar a Abel Braga que pode ser o titular.

Goleiro 15 04 2017

Julio César se mostrou uma grande sombra para Cavalieri (Foto: Nelson Perez/Fluminense)

Até aqui, Julio César fez a melhor exibição de um goleiro no Fluminense em 2017 ao defender o pênalti de Réver na disputa alternada que ajudou a decidir, contra o Flamengo, a Taça Guanabara. Em 12 jogos, foram 13 gols sofridos considerando as competições que disputou [Primeira Liga, Campeonato Carioca e Copa do Brasil].

Diego Cavalieri esteve menos vezes em campo e levou menos gols: em 10 partidas, foi buscar a bola no fundo das redes 10 vezes. Mas o número bruto não parece algo tão sensacional quando se analisa o trabalho efetivo que cada um mostrou até aqui. Afinal de contas, se Julio César levou mais gols, foi porque esteve mais em campo [978 minutos de jogo contra 850]. O saldo também poderia ter sido pior para o virtual reserva, que efetuou sete defesas a mais do que Cavalieri [27 a 20].

GFX Cavalieri Julio Cesar 15 04 2017

Por toda a história que tem construída nas Laranjeiras, Cavalieri é hoje o titular de Abel Braga. Mas talvez a sua posição sob as traves tricolores nunca tenha sido tão ameaçada desde 2011.