Otero reconhece má fase do Galo e tira culpa de Roger: 'melhor que tive'

Depois de servir a seleção de seu país, Otero está de volta à Cidade do Galo (Foto: Mourão Panda/Fotoarena/Lancepress!)

As atuações pouco convincentes do Atlético-MG nesta temporada já estão sendo questionadas pela maioria dos torcedores. A derrota por 1 a 0 diante do Libertad, pela Libertadores, na última quarta-feira, aumentou ainda mais a desconfiança em relação ao técnico Roger, comandante da equipe. Mas se depender dos jogadores, a culpa não é do professor. Para Otero, os atletas são os principais responsáveis.

- Não tenho nada a falar do treinador. É o melhor que tive na carreira, os treinamentos são bons. Não é culpa do treinador. A culpa é nossa, que estamos dentro do campo. É com a gente, os jogadores. Não sei o que está acontecendo. A gente joga bem, depois tem jogo que não. Temos que ter regularidade para jogar, fazer grandes jogos quarta, domingo, quarta. A partir de agora, vamos levantar a cabeça e tratar de ganhar os jogos - comentou Otero, após a derrota no Paraguai.

Depois do revés fora do país, o time do Galo precisa rapidamente mudar a chave para o Campeonato Mineiro. Depois de empatar por 1 a 1 no primeiro jogo, a equipe volta a enfrentar a URT, agora no Independência, e precisa de pelo menos um empate para ir à final do estadual.



E MAIS: