Otero admite má fase do Atlético-MG, mas elogia Roger: "Melhor que tive"

O revés diante do Libertad, do Paraguai, acendeu o alerta na Cidade do Galo. Roger Machado passou a ser criticado por parte da torcida. Os jogadores do Atlético-MG, entretanto, não têm reclamações para fazer do treinador. Pelo contrário. Há quem assegure que o gaúcho é o melhor técnico com o qual trabalhou. Este é o caso de Rómulo Otero. 

O meia-atacante venezuelano enaltece o trabalho feito pelo comandante nas atividades e assegura que a responsabilidade pelos resultados ruins do Galo são exclusivamente dos atletas.

Roger Machado Libertad Atlético Mineiro 19042016


(Foto: Bruno Cantini/Divulgação/Atlético-MG)

"Não tenho nada a falar do treinador. É o melhor que tive na carreira, os treinamentos são bons. Não é culpa do treinador. A culpa é nossa, que estamos dentro do campo. É com a gente, os jogadores. Não sei o que está acontecendo. A gente joga bem, depois tem jogo que não. Temos que ter regularidade para jogar, fazer grandes jogos quarta, domingo, quarta. A partir de agora, vamos levantar a cabeça e tratar de ganhar os jogos", afirmou.

Chateado com a derrota no estádio Nicolás Leoz, em Assunção, Rómulo Otero faz o prognóstico do novo confronto com o Libertad. O jogo ocorrerá na quarta-feira (26), no estádio Independência, e valerá pela quarta rodada do Grupo 6 da Copa Libertadores da América.

"Jogaremos quarta-feira de novo com eles e vai ser outro cenário, outro tipo de jogo, no campo bom que a gente tem em Belo Horizonte. É isso, tratar de motivar de novo para pegar os caras lá", disse.