Os recordes que Cristiano Ronaldo pode quebrar em 2020

Cristiano Ronaldo reescreve os livros de história do futebol há mais de uma década e tem a oportunidade de acumular novos marcos em 2020. 

O atacante de 34 anos sonha em levar a Juventus à conquista do terceiro título da Champions League, e também pode ajudar a Velha Senhora a vencer pela nona vez consecutiva o Campeonato Italiano. 

CR7 não só pode quebrar recordes em nacionais, mas também está perto de alcançar novas marcas por Portugal.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Confira as marcas que o atacante pode alcançar nos próximos 12 meses:

Mais conquistas na Champions League

O português, que possui cinco títulos da competição assim como Francisco Gento (Real Madrid). Se voltar a levantar o troféu pela Juventus em 2020, se tornará o jogador com mais conquistas do campeonato.

Maior artilheiro de todos os tempos em Eurocopas

Cristiano Ronaldo Portugal 2019
Cristiano Ronaldo Portugal 2019

(Foto: Getty Images)

Com nove gols marcados por Portugal nos quatro campeonatos europeus em que representou seu país, ele se igualou a ninguém menos que Michel Platini. Se balançar as redes em 2020, ele se tornará o principal artilheiro de todos os tempos da Euro.

Mais hat-tricks na Champions League

Lionel Messi Cristiano Ronaldo Barcelona Juventus
Lionel Messi Cristiano Ronaldo Barcelona Juventus

(Foto: Getty Images)

Ao lado de Messi, o português possui oito hat-tricks na Champions League. Se ele vencer o seu maior "rival" em 2020, poderá também assumir o posto de jogador com mais hat-tricks em Champions League.

Primeiro jogador a ser artilheiro na Inglaterra, Espanha e Itália

Atualmente o quarto colocado na lista de artilheiros da Serie A, com 10 gols, Cristiano Ronaldo pode alcançar marca inédita caso consiga passar João Pedro (11), Lukaku (12) e Immobile (17) na luta entre os maiores goleadores da temporada e se tornar o primeiro jogador e encabeçar essa lista na Inglaterra, Espanha e Itália.

Maior artilheiro por seleção

Com 99 gols marcados por Portugal, ele terá a chance de passar Ali Daei (109 gols pelo Irã), e se tornar o maior artilheiro por seleções de todos os tempos. 

Leia também