Os 'Novos Gringos' do futebol brasileiro

Yahoo Esportes

Por Rodrigo Coutinho

O Brasileirão recomeça nesta quarta-feira e o Yahoo Esportes preparou pra vocês uma avaliação tático/técnica completa de cinco dos gringos que desembarcam no futebol brasileiro neste segundo semestre. Com a valorização do mercado brasileiro mediante aos demais da América do Sul, vem sendo cada vez mais natural a contratação de jogadores oriundos destes países. Obviamente o torcedor quer saber que ”produto” o time dele está comprando.

Você já viu o novo app do Yahoo Esportes? Baixe agora!

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio
Crédito: Bruno Cantini/Atletico
Crédito: Bruno Cantini/Atletico

Abaixo detalhamos como cinco destes atletas se comportam dentro de campo. As comparações estatísticas com atletas já pertencentes ao plantel, dão uma noção de similaridade. Não quer dizer que Terans tem exatamente as mesmas características de Andrade, por exemplo, mas no atual elenco do Galo é o jogador mais próximo da forma do uruguai atuar. Confira!

Fernando Uribe – Atacante – Flamengo

Revelado pelo Atlético Huila, o centroavante Fernando Uribe foi uma boa aquisição do Flamengo no mercado. Pouco badalado e conhecido no Brasil, o atacante possui estilo de jogo mais próximo de Paolo Guerrero, que deve deixar o clube em agosto, mas possui média de gols superior ao peruano.

Se fora da área não tem o mesmo potencial criativo de Guerrero, consegue mesclar bem os estilos de Paolo e Henrique Dourado, os outros dois ”camisas 9” do elenco, sem contar o promissor Lincoln.
Apareceu no futebol colombiano vestindo a camisa do Once Caldas em 2010.

Teve uma apagada passagem pelo Chievo da Itália um ano depois e jogou duas temporadas no Atlético Nacional posteriormente. Nos Verdolagas, fazia a dupla de ataque reserva com Orlando Berrío, que agora reencontra no Flamengo. Foi para o Millionarios e, após um ótimo Campeonato Colombiano em 2015, foi contratado pelo Toluca do México.

Comparativo entre Fernando Uribe e Henrique Dourado.
Comparativo entre Fernando Uribe e Henrique Dourado.
Comparativo entre Fernando Uribe e Henrique Dourado.
Comparativo entre Fernando Uribe e Henrique Dourado.
Comparativo entre Fernando Uribe e Henrique Dourado.
Comparativo entre Fernando Uribe e Henrique Dourado.

Em solo mexicano fez 63 gols em 119 jogos, se consolidando como um dos principais atacantes da competitiva liga local. Assinou contrato com o rubro-negro até junho de 2021 e, se conseguir se adaptar rapidamente ao clube, tem tudo para ser titular.

Possui o estilo que a equipe necessita. É uma referência ofensiva com maior poder de ”associação”, tabelas e triangulações. Não é tão rápido e não tem muita força física, mas é habilidoso, técnico, e exímio cabeceador. Foi o 15º melhor finalizador da última da Liga Mexicana. O jogador que mais fez gols de cabeça.

Nicolás Freire – Zagueiro – Palmeiras

Contratação que parece desnecessária para o Palmeiras levando em consideração o nível do jogador e o elenco. Nicolás Freire é um bom zagueiro, mas difícil imaginar tendo espaço num plantel que tem Edu Dracena, Antônio Carlos, Thiago Martins, e Luan. Por mais que boa parte da torcida palmeirense tenha objeções quanto a alguns de seus defensores, o argentino não representa um acréscimo de qualidade no setor e pode tirar espaço de um jovem zagueiro da base.

O canhoto de 24 anos passou a última temporada no Zwolle, da Holanda, que terminou a liga local na nona colocação. Pode ser utilizado em uma emergência como lateral e um detalhe curioso é que foi seguidas vezes utilizado como atacante em últimos minutos das partidas de seu ex-clube. O bom rendimento na bola aérea justifica. Foi revelado pelo Argentinos Juniors, onde venceu a Segundona Argentina em 2017. Se tornou titular do clube com apenas 20 anos.

Comparativo entre Nicolás Freire e Luan.
Comparativo entre Nicolás Freire e Luan.
Comparativo entre Nicolás Freire e Luan.
Comparativo entre Nicolás Freire e Luan.
Comparativo entre Nicolás Freire e Luan.
Comparativo entre Nicolás Freire e Luan.

Assinou contrato de empréstimo com o Palmeiras até junho de 2019. Pertence ao Torque, clube uruguaio administrado por empresários. Custou 170 mil euros ao Porco. Nunca se lesionou na carreira profissional.

João Rojas – Meia – São Paulo

Boa contratação do São Paulo. João Rojas é um extremo de velocidade, habilidade e capacidade de associação, principalmente pelos lados do campo. No último campeonato argentino, pelo Talleres, se destacou e atuou também como ”meia-interior” do 4-1-4-1 em algumas ocasiões. Tem dificuldades em jogadas mais pausadas. Por isso sempre busca acelerar e infiltrar, quando está jogando pela faixa central.

É um jogador bem experiente. Tem 34 jogos com a camisa da seleção equatoriana. Disputou a Copa do Mundo de 2014. Era reserva na equipe que acabou sendo eliminada na primeira fase. Foi revelado pelo Técnico Universitário e ainda jovem contratado pelo Emelec, onde ficou duas temporadas. Construiu sua carreira basicamente no futebol mexicano. Jogou sete temporadas lá, quatro no Morelia e três no Cruz Azul.

Comparativo entre João Rojas e Everton.
Comparativo entre João Rojas e Everton.
Comparativo entre João Rojas e Everton.
Comparativo entre João Rojas e Everton.
Comparativo entre João Rojas e Everton.
Comparativo entre João Rojas e Everton.

Chegou sem custo ao Tricolor e assinou contrato até julho de 2020. Não tem histórico denso de lesões. Sempre possui alta cota de participação nos jogos.

Yimmi Chará – Atacante – Atlético/MG

Ótima aquisição do Atlético/MG. Chará é um jogador com idade propícia para chegar bem, se destacar no futebol brasileiro, e ainda pode render lucros numa venda futura para um mercado alternativo. Atua preferencialmente pelo lado direito do campo, mas não é um jogador restrito só ao flanco. Varia para o centro do campo, entra na área, se aproxima do centroavante.

Busca o drible curto, algumas arrancadas e tem boa finalização de média distância. Jogador habilidoso e intenso com a bola. Muita dinâmica e velocidade. Sabe dosar o ritmo. Ora mais acelerado, ora mais pausado. Tem dificuldade em manter a intensidade sem a bola.

Jogador de personalidade. Esteve próximo de integrar o elenco colombiano que disputou a última Copa do Mundo. Chará foi revelado pelo Tolima e passou também pelo Atletico Nacional antes de deixar a Colômbia pela primeira vez. Ficou três temporadas no México, uma por Dorados e duas pelo Monterrey. Em 2017 voltou para a Colômbia e fez um grande ano pelo Junior Barranquilla. Tem um título nacional no currículo e duas Copas da Colômbia.

Comparativo entre Yimmy Chará e Juan Cazares
Comparativo entre Yimmy Chará e Juan Cazares
Comparativo entre Yimmy Chará e Juan Cazares
Comparativo entre Yimmy Chará e Juan Cazares
Comparativo entre Yimmy Chará e Juan Cazares
Comparativo entre Yimmy Chará e Juan Cazares

Custou cerca de 5 milhões de euros e assinou contrato até junho de 2023 com o Galo mineiro. Não tem um histórico relevante de lesões. Dificilmente fica de fora.

Terans – Atacante – Atlético/MG

David Terans é uma ótima aposta do Atlético/MG. Jogador de apenas 23 anos, mas que se destacou muito por um clube de pouca expressão no Uruguai, o Danubio. Terans é um atacante de mobilidade. Não é tão visto dentro da área e não tem uma presença tão forte lá, apesar de finalizar bem. Tem velocidade e um chute muito potente de média distância. Bate faltas diretas com competência.

Também cobra escanteios e faltas laterais, mas sem a mesma efetividade. Busca sempre a associação com os companheiros, articula jogadas. Tem bom domínio e condução de bola. Oscila na intensidade e na concentração em campo. Joga também como meia.

Revelado pelo Rentistas em 2014, se destacou na modesta equipe uruguaia por três anos até ser contratado por empréstimo pelo Santiago Wanderers, do Chile. Lá não foi tão bem e voltou ao futebol de seu país em 2017. No Danúbio fez 22 gols em 36 jogos e chamou a atenção do Galo. Foi vice-artilheiro do último Campeonato Uruguaio.

Comparativo entre David Terans e Tomás Andrade
Comparativo entre David Terans e Tomás Andrade
Comparativo entre David Terans e Tomás Andrade
Comparativo entre David Terans e Tomás Andrade

David Terans assinou contrato de cinco temporadas com o Atlético Mineiro e também não tem histórico de lesões consideráveis.

Leia também:
Enigmático! Dudu mandou recado para diretoria do Palmeiras
A Copa acabou e o futebol brasileiro voltou com tudo! Rato invade gramado de São Januário e enlouquece a internet
Luxemburgo pode ser candidato a presidência do Flamengo

Leia também