Os motivos que levaram Heinze ao posto de favorito da torcida e da diretoria do Palmeiras

Nathalia Almeida
·1 minuto de leitura

Não é segredo nenhum que Miguel Ángel Ramírez, do Independiente Del Valle (EQU), era o 'plano A' do Palmeiras após a demissão de Vanderlei Luxemburgo. A negativa do jovem técnico espanhol, no entanto, redirecionou as atenções e o foco alviverde para outro estrangeiro, este disponível no mercado de treinadores: Gabriel Heinze.

Neste exato momento, o argentino é o grande favorito da alta cúpula e da torcida palmeirense, que já engajou diversas campanhas nas redes sociais por sua contratação. Mas o que justifica esta grande 'badalação' em torno do ex-zagueiro? O Globoesporte elencou os motivos para o prestígio em torno de Gabriel Heinze. Vamos a eles:

Gimnasia y Esgrima La Plata v Velez- Superliga 2019/20 | Marcelo Endelli/Getty Images
Gimnasia y Esgrima La Plata v Velez- Superliga 2019/20 | Marcelo Endelli/Getty Images

1. Estilo de jogo: Heinze se encaixa perfeitamente no que a diretoria alviverde procura, por ser adepto de um jogo ofensivo, propositivo, alicerçado em conceitos modernos de futebol;

2. Histórico positivo: Seus trabalhos recentes foram muito bons, ou seja, não se trata de um técnico buscando uma 'redenção' pessoal. A passagem pelo Vélez Sarsfield foi impactante em muitos níveis, esportivos e mentais, mudando paradigmas dentro e fora das quatro linhas no clube de Liniers;

3. Linha dura: Outro aspecto muito bem avaliado em Gabriel Heinze é o seu respeito e valorização a aspectos como profissionalismo e disciplina. Sob seu comando, atletas nunca entram em uma 'zona de conforto', e as hierarquias ficam muito bem definidas;

4. Bagagem longa de futebol: A experiência internacional de Heinze como jogador, tendo vivido e experienciado diversos mercados/escolas do futebol mundial, é considerado um 'plus' para a diretoria alviverde. Nisso, o argentino difere de Miguel Ángel Ramírez, que não teve carreira como atleta;