Os maiores jejuns de títulos entre os times que disputam a Série A do Brasileirão

·2 minuto de leitura

O domingo foi de festa para quatro times que disputam a Série A do Campeonato Brasileiro. Cuiabá, Fortaleza, Grêmio e São Paulo conquistaram seus respectivos Estaduais e tiveram o sabor de dar uma volta olímpica. Já outros...

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Há times da elite nacional que encaram longos jejuns de títulos. Do grupo dos chamados "12 grandes", aquele que está há mais tempo na espera é o Fluminense, ganhador da Primeira Liga de 2016. No mesmo ano, o Santos venceu seu último Estadual. Já em 2017 foi a vez de o Internacional levantar a Recopa Gaúcha e entrar na seca.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Abaixo do trio só está o Juventude, que em 2021 está de volta à primeira divisão do Brasil. Depois da Copa FGF de 2012, nunca mais sentiu o sabor de um título.

JEJUM DE TÍTULOS DOS ATUAIS TIMES DA SÉRIE A

Cuiabá (Estadual) - 0 dias

Fortaleza (Estadual) - 0 dias

Grêmio (Estadual) - 0 dias

São Paulo (Estadual) - 0 dias

Flamengo (Estadual) - 1 dia

Atlético-MG (Estadual) - 1 dia

Bahia (Copa do Nordeste) - 15 dias

Palmeiras (Copa do Brasil) - 77 dias

Atlético-GO (Estadual 2020) - 85 dias

Chapecoense (Série B) - 114 dias

Athletico-PR (Estadual) - 291 dias

Ceará (Copa do Nordeste) - 292 dias

Red Bull Bragantino (Série B) - 555 dias

Corinthians (Estadual) - 763 dias

Sport (Estadual) - 763 dias

América-MG (Estadual) - 1275 dias

Internacional (Recopa Gaúcha) - 1523 dias

Santos (Estadual) - 1841 dias

Fluminense (Primeira Liga) - 1859 dias

Juventude (Copa FGF) - 3101 dias

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique aqui.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos