Os jogadores com mais de 23 anos que estarão nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·6 minuto de leitura
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Com a proximidade dos Jogos Olímpicos de Tóquio, podemos destacar dois tipos diferentes de estrelas: jovens promissores e nomes mais consagrados. Essa diferença se dá, principalmente, pela restrição da idade imposta na competição, que permite apenas três jogadores com mais de 24 anos considerando cada time nacional.

Pensando nisso, o 90Min resolveu listar quem são os veteranos que irão defender as cores do seu país rumo ao Olimpo. Confira.

16. Japão: Sakai, Yoshida e Endo

Anfitriões terão três jogadores acima dos 23 anos | Masahiro Ura/Getty Images
Anfitriões terão três jogadores acima dos 23 anos | Masahiro Ura/Getty Images

Os donos da casa optaram pelos veteranos no setor defensivo. Aos 31 anos, Sakai possui passagens no futebol europeu, tendo jogador no Hannover 96 e, mais recentemente, no Olympique de Marseille. Yoshida, que irá completar 33 anos em agosto, é o capitão e passou quase uma década no Southampton. Por fim, Endo, com 28 anos, defende as cores do Stuttgart.

15. África do Sul: Williams

Arqueiro irá defender a África do Sul | Visionhaus/Getty Images
Arqueiro irá defender a África do Sul | Visionhaus/Getty Images

Somente um representante da África do Sul foge do popular sub-23 olímpico. O goleiro Ronwen Williams, de 29 anos, joga no SuperSport United, clube da Premier Soccer League, e vai simbolizar experiência do seu país na competição.

14. México: Memo Ochoa, Luis Romo e Henry Martín

Goleiro do América é um dos mais conhecidos do time nacional mexicano | KENZO TRIBOUILLARD/Getty Images
Goleiro do América é um dos mais conhecidos do time nacional mexicano | KENZO TRIBOUILLARD/Getty Images

Tentando repetir o ouro histórico conquistado há nove anos, Ochoa apareceu na convocação e está pronto para viver sua primeira experiência olímpica aos 36 anos. Além dele, Luis Romo, campeão da Liga MX com o Cruz Azul, e Henry Matín, atacante do América, são os outros jogadores acima dos 23 anos.

13. França: Gignac e Thauvin

Dupla está no Tigres, do México | Jean Catuffe/Getty Images
Dupla está no Tigres, do México | Jean Catuffe/Getty Images

Mais um torneio de favoritismo da França! Les Bleus irão entrar em campo com dois veteranos altamente qualificados: André-Pierre Gignac
e Florian Thauvin. Ambos se destacam no Tigres e prometem elevar o nível do futebol em Tóquio.

12. Nova Zelândia: Rein, Boxall e Wood

Chris Wood possui experiência na Premier League | Alex Livesey/Getty Images
Chris Wood possui experiência na Premier League | Alex Livesey/Getty Images

Aos 33 anos, o zagueiro Rein participou do retorno histórico do Brentford à Premier League. Atuando na mesma posição, Boxall tem a mesma idade do compatriota e atua no Minnesota United da Major League Soccer (MLS). Por fim, o atacante Wood, 29 anos, passou toda sua carreira no Campeonato Inglês e, nas últimas quatro temporadas, jogou no Burnley.

11. Coréia do Sul: Min-jae, Chang-hoon e Ui-jo

Hwang Ui-jo atua no Bordeaux, da Ligue 1 | ROMAIN PERROCHEAU/Getty Images
Hwang Ui-jo atua no Bordeaux, da Ligue 1 | ROMAIN PERROCHEAU/Getty Images

A seleção coreana possui um dos grupos mais jovens da competição. Aliás,
Ui-jo, do Girondins de Bordeaux, é o jogador mais "ancião" do time nacional, com 28 anos. O zagueiro Min-jae, 24 anos, joga pela equipe chinesa Beijing Gouan, enquanto Chang-hoon, 27 anos, atua localmente no Suwon.

10. Honduras: Benguché e Moya

Benguché está no Olimpia, de Honduras | Quality Sport Images/Getty Images
Benguché está no Olimpia, de Honduras | Quality Sport Images/Getty Images

Depois de derrotar a favorita Espanha nas Olimpíadas de 2012, Honduras quer fazer bonito nesta edição. Para isso, chamou Benguché, 25 anos, do Olimpia, assim como Brayan Moya, 29 anos, que está na equipe angolana Primeiro de Agosto.

9. Romênia: Stefan

Lateral de 25 anos estava no Sepsi, da Romênia | Soccrates Images/Getty Images
Lateral de 25 anos estava no Sepsi, da Romênia | Soccrates Images/Getty Images

Optando por ser representada pelos maior número possível de jovens, a comissão técnica da Romênia convocou apenas um veterano. Trata-se do lateral-esquerdo Florin Stefan, que está sem clube após encerrar seu contrato com o time local Sepsi. Ele participou do Europeu Sub-21 há dois anos, onde conquistou o histórico quarto lugar.

8. Egito: El Shenawy, Hegazi e Hamdy

Experiente goleiro está no Al Ahly | Anadolu Agency/Getty Images
Experiente goleiro está no Al Ahly | Anadolu Agency/Getty Images

Sem poder convocar Mohamed Salah, o Egito vai precisar confiar na experiência de outros jogadores. O goleiro El-Shenawy, do Al-Ahly, irá emprestar todo seu repertório de 32 anos. No centro da defesa estará Ahmed Hegazy, de 30 anos, que joga no Al-Ittihad. Por fim, a cota é totalmente preenchida pelo zagueiro Mahmoud Hamdy, 27, que está Masr El Makasa.

7. Espanha: Ceballos, Asensio e Mikel Merino

Ceballos pertence ao Real Madrid | Soccrates Images/Getty Images
Ceballos pertence ao Real Madrid | Soccrates Images/Getty Images

No caso da Espanha, o trio de jogadores mais experientes nasceu em 1996, ou seja, possuem quase a mesma idade que o restante dos seus companheiros. Ceballos e Asensio estão no Real Madrid, enquanto Mikel Merino defende as cores do Real Sociedad.

6. Argentina: Ledesma

Ledesma está no Cádiz | Fran Santiago/Getty Images
Ledesma está no Cádiz | Fran Santiago/Getty Images

Pelas mais variadas razões, alguns jogadores que anteriormente integraram o grupo, como Enzo Pérez, Correa e Alario, foram deixados de fora. No final das contas, apenas o goleiro Jeremías Ledesma, que joga no Cádiz, irá representar a experiência argentina.

5. Austrália: Duke

O australiano joga pelo Western Sydney Wanderers, na A-League | Mark Metcalfe/Getty Images
O australiano joga pelo Western Sydney Wanderers, na A-League | Mark Metcalfe/Getty Images

A Austrália será outra das equipes que terá apenas um dos três jogadores mais velhos permitidos pelo regulamento. Neste caso, é Mitchell Duke, ala que atua no Taawon, da Arábia Saudita. Ele passou os últimos meses emprestado ao Western Sydney Wanderers.

4. Brasil: Santos, Daniel Alves, Diego Carlos e Richarlison

Richarlison estava na Copa América | Alexandre Schneider/Getty Images
Richarlison estava na Copa América | Alexandre Schneider/Getty Images

Atual campeão, o Brasil irá defender o ouro conquistado em 2016 com a expertise do goleiro Santos, do Athletico Paranaense, assim como do lateral-direito Daniel Alves que, aos 38 anos, quer chegar ao Olimpo. Diego Carlos, popular no Sevilla, também vai vestir a Amarelinha. Richarlison, que possui exatos 24 anos, também estará presente no plantel de André Jardine, mas não "estoura" a cota, visto que está na idade limite.

3. Alemanha: Kruse, Amiri e Arnold

Veterano Kruse está no Union Berlin | Boris Streubel/Getty Images
Veterano Kruse está no Union Berlin | Boris Streubel/Getty Images

A sempre perigosa Alemanha terá Kruse que, no alto dos seus 33 anos, está defendendo as cores do Union Berlin. Nadiem Amiri, do Bayer Leverkussen, e Arnold, meia de 27 anos do Wolfsburg, completam a lista. Irão ameaçar seus adversários?

2. Costa do Marfim: Bailly, Kessié e Gradel

Zagueiro está no Manchester United | BSR Agency/Getty Images
Zagueiro está no Manchester United | BSR Agency/Getty Images

A Costa do Marfim decidiu realçar seu plantel reunindo jogadores com mais de 23 anos que são importantes no futebol europeu. O primeiro deles é Eric Bailly, zagueiro de 27 anos do Manchester United. Kessié, meia do Milan, e Gradel, o veterano de 33 anos do Sivasspor, completam a lista de convocados.

1. Arábia Saudita: Al-Shahrani, Al-Dawsari e Al-Faraj

Trio joga no Al-Hilal | MARK RALSTON/Getty Images
Trio joga no Al-Hilal | MARK RALSTON/Getty Images

Praticamente todos os jogadores da Arábia Saudita nasceram em 1997. Os três veteranos são Al-Shahrani e Al-Dawsari, ambos de 29 anos, além de Al-Faraj, de 31. Todos atuam no Al-Hilal, um dos clubes mais populares do país.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos