São Paulo e Grêmio empatam; Fla e Inter vencem e continuam na luta pelo título

Yahoo Esportes
Helinho e Cortez disputam lance na batalha dos tricolores (Miguel Schincariol/Getty Images)
Helinho e Cortez disputam lance na batalha dos tricolores (Miguel Schincariol/Getty Images)

São Paulo e Grêmio ficam no empate

No duelo dos tricolores, São Paulo e Grêmio ficaram em 1 a 1 na capital paulista, com os gaúchos levando a melhor, mantendo a vantagem na briga por vaga direta na fase de grupos da Libertadores nos critérios de desempate. Os visitantes saíram na frente quando Madson cruzou na área e Everton Cebolinha ganhou de Bruno Peres para cabecear para o gol. Os paulistas contaram com ajuda para empatar. Everton cruzou na área, Michel e Paulo Vitor não se comunicaram e o volante improvisado como zagueiro mandou para o próprio gol.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Inter passa pelo América com facilidade

Sem muitos problemas, o Internacional bateu o América-MG por 2 a 0 e se manteve na briga pelo título brasileiro. Os dois gols saíram no primeiro, ambos com participação da dupla Edenílson e Leandro Damião. No primeiro gol, o volante deu um belo passe em profundidade e Damião fuzilou sem chances para João Ricardo. O segundo veio em retribuição de Damião, que deixou Edenílson na cara do gol e ele só teve o trabalho de deslocar o goleiro para aumentar o placar.

César pega pênalti e Fla bate Santos

Na comemoração do aniversário do Flamengo, a equipe deu um presente aos torcedores dentro de campo. Em casa e com muita festa, o Rubro-Negro venceu o Santos por 1 a 0 e se manteve na briga pelo título. O único gol da partida veio já no segundo tempo. Diego cruzou, Orlando Berrío ajeitou para o meio da área e Henrique Dourado completou para o gol. Os paulistas ainda tiveram a chance de empatar, mas César defendeu a cobrança de pênalti de Gabriel Barbosa e garantiu os três pontos para o Flamengo.

Botafogo ganha da Chape e fica longe do rebaixamento

Jogando fora de casa, o Botafogo praticamente garantiu sua permanência na primeira divisão ao bater a Chapecoense por 1 a 0, e complicou bastante a vida dos catarinenses. O gol do Fogão saiu aos 27 minutos do segundo tempo, quando Leo Valencia achou Luiz Fernando, que bateu cruzado e marcou.

Leia também:
– Há 80 anos nascia o Íbis, o ‘pior time do mundo’
– Palmeiras pode abrir mão de estádio em 2019
– Tite rebate acusações de Marcelinho Carioca

Leia também