Os cinco trunfos do São Paulo para chegar à final da Copa do Brasil

Marina Bufon*
·3 minuto de leitura


O ano do São Paulo termina bem diferente do que começou. Após eliminações e alguns vexames, a equipe está em seu melhor momento na temporada e, no último compromisso do ano, nesta noite de quarta-feira contra o Grêmio, busca uma vitória em casa para alcançar um feito um tanto quanto raro nos últimos anos: chegar a uma decisão.

No ano passado, o Tricolor foi vice-campeão do Campeonato Paulista e, em 2012, levantou sua última taça, da Copa Sul-Americana. Desde então, a equipe ficou de fora dos principais holofotes do país e, em um ano atípico por conta da pandemia do coronavírus, conseguiu dar a volta por cima com muito trabalho, convicções e confiança. Sim, o time ainda não venceu nada, mas muitos torcedores estão animados com os resultados conquistados recentemente.

> CONFIRA A TABELA DO CAMPEONATO BRASILEIRO!

Após eliminações no Paulista de 2020, Copa Libertadores ainda na fase de grupos e Sul-Americana, a equipe alcançou a liderança do Campeonato Brasileiro (está a sete pontos do segundo colocado) e busca chegar à decisão da Copa do Brasil nesta noite. O jogo será contra o Grêmio, no Morumbi, e o clube precisa reverter o placar sofrido na ida, de 1 a 0. Esse mesmo resultado leva a decisão para os pênaltis e, se vencer por dois ou mais gols de diferença, o Tricolor conquista a tão almejada vaga.

Confira abaixo os cinco trunfos do time para alcançar o feito!

Defesa sólida
O São Paulo tem, neste momento, uma das defesas mais sólidas do Brasil. Quando falamos de Campeonato Brasileiro, o clube divide a liderança do quesito coincidentemente com o Grêmio (22 gols tomados). Na Copa do Brasil, são sete gols em cinco jogos, sendo cinco desses tentos diante do Fortaleza, ainda nas oitavas, quando o time não estava totalmente sólido no setor.

Ataque inspirado
O São Paulo pode chegar à marca dos 100 gols na temporada nesta noite, algo que não acontece desde 2015. Até agora, são 98 tentos marcados em 53 jogos, uma média de 1,84 gol/partida. Na Copa do Brasil foram dez gols em cinco compromissos – só não marcou contra o Grêmio na semana passada. Os gaúchos somam sete tentos no torneio.

Um ponto para se prestar atenção é exatamente este: o time de Renato Gaúcho só tomou um gol em toda a Copa do Brasil até agora.

> Retrospectiva: Os 20 momentos mais marcantes do São Paulo na década

Brenner + Luciano
Falando em gols, como não falar também da dupla Brenner e Luciano? Artilheiros do time na temporada, os dois somam, em todas as competições, 37 gols, sendo nove deles apenas na Copa do Brasil. Isso mesmo, dos dez gols feitos, somente um não saiu da dupla (Pablo foi o responsável). Portanto, os dois são, sim, a esperança de balançar as redes dos são-paulinos nesta noite.

Volpi: paredão
No início um pouco contestado, Tiago Volpi se firmou na meta tricolor como nenhum outro goleiro depois da Era Rogerio Ceni. Apesar de algumas falhas pontuais como qualquer um da posição, ele faz defesas extremamente importantes, quando o time mais precisa, e é um bom catador de pênaltis (só lembrar da semifinal do Paulistão de 2019 contra o Palmeiras e em jogo contra o Flamengo, neste ano).

Fernando Diniz
Por fim e talvez um dos mais importantes, o ponto final: o técnico Fernando Diniz vive seu melhor momento no São Paulo desde a sua chegada, em setembro de 2019. Um dos mais longevos no cargo no país, ele sobreviveu a muitas pressões neste ano e conseguiu adequar o time às competições que disputa. Deu uma personalidade à equipe, que voltou a marcar gols e colocar-se nas posições mais altas do futebol brasileiro.

*Sob supervisão de Valdomiro Neto.