Os 8 melhores 'jogadores operários' do futebol mundial na atualidade

Nathalia Almeida
·5 minuto de leitura

Para a tristeza de muitos, o feriado do dia 1º de maio, o Dia do Trabalhador, caiu em pleno sábado. Comemorada em quase todos os países do mundo, a data foi forjada como um dia de celebração à luta daqueles que muito lutaram pelos direitos da classe.

E por falar em luta, brindamos o dia com essa lista de "operários": jogadores extremamente dedicados, coletivos e profissionais, que não aparecem tanto diante dos microfones e holofotes, mas que são fundamentais para seus respectivos times. Muitos os chamam de "carregadores de piano", expressão antiga que ainda tem o seu valor. Vamos a eles:

1. Casemiro (Real Madrid)

Casemiro é um dos jogadores mais completos do futebol mundial | Angel Martinez/Getty Images
Casemiro é um dos jogadores mais completos do futebol mundial | Angel Martinez/Getty Images

O setor de meio-campo é o coração do Real Madrid, e sua artéria mais pulsante, sem dúvida, é Casemiro. O volante brasileiro não aparece muito nas estatísticas frias dos gols e assistências, mas por trás de muitos tentos e vitórias do gigante espanhol, geralmente está uma grande exibição do camisa 14.

Ele está no top-10 de LaLiga em 4 importantes estatísticas defensivas: tackles (79), botes com recuperação de posse (51), bloqueios (62) e interceptações (53). Sua inteligência tática e perfeita leitura de jogo lhe tornaram um especialista nestes fundamentos. Gera jogo a todo momento para o Real, uma máquina.

2. Pierre-Emile Højbjerg (Tottenham)

Pierre-Emile Højbjerg é uma das melhores contratações recentes do Tottenham | Robbie Jay Barratt - AMA/Getty Images
Pierre-Emile Højbjerg é uma das melhores contratações recentes do Tottenham | Robbie Jay Barratt - AMA/Getty Images

A temporada do Tottenham é bem ruim, mas não culpe o camisa 5 do time londrino. Enquanto todos os holofotes são direcionados às estrelas Bale, Son e Harry Kane, o volante dinamarquês domina o jogo de meio-campo. Não apenas dos Spurs, mas da liga como um todo. Não acredita?

É o líder geral do Campeonato Inglês em tackles (104), em dribles impedidos (55) e em pressão realizada no adversário no momento do passe/finalização (691 vezes). Além disso, ninguém venceu mais combates no chamado "um contra um" do que ele (71). Sem dúvida, a melhor contratação feita pelos Spurs nos últimos anos.

3. N'Golo Kanté (Chelsea)

Kanté dá muito ritmo ao jogo do Chelsea | Quality Sport Images/Getty Images
Kanté dá muito ritmo ao jogo do Chelsea | Quality Sport Images/Getty Images

Pequeno apenas no tamanho, o volante francês é o 'motorzinho' do meio-campo do Chelsea. Sua combatividade e efetividade nas ações defensivas trazem a segurança e o equilíbrio necessários para que o time possa atuar com alas que apoiam bastante, além de três atacantes na frente.

Ocupa a terceira colocação dentre os jogadores da Premier League com mais tackles e interceptações somadas (142). É, também, o segundo jogador do Chelsea que mais aplicou pressão nos adversários em busca da retomada da posse (455 vezes), atrás apenas do meia Mason Mount.

4. Marcos Llorente (Atlético de Madrid)

O polivalente Marcos Llorente é um jogador raro | Juan Manuel Serrano Arce/Getty Images
O polivalente Marcos Llorente é um jogador raro | Juan Manuel Serrano Arce/Getty Images

Atacante, meia de criação, volante... O espanhol já jogou em quase todas as posições possíveis e foi bem em todas elas. Essa polivalência e capacidade de adaptação às demandas/circunstâncias faz dele um jogador valioso para o técnico Diego Simeone. É o coringa do Atlético de Madrid.

Não estranhe quando ouvir algo do tipo "Llorente está em todas as partes do campo", porque por mais que pareça apenas força de expressão, não é nenhuma mentira: é o líder de assistências em LaLiga (10), vice-artilheiro do Atlético na competição (11 gols), e top-15 em ações defensivas totais, somando 68 tackles e 27 interceptações.

5. Marten de Roon (Atalanta)

De Roon faz uma temporada espetacular pela Atalanta | Emilio Andreoli/Getty Images
De Roon faz uma temporada espetacular pela Atalanta | Emilio Andreoli/Getty Images

Dois anos consecutivos chegando ao mata-mata da Champions, caminhando para sua quarta temporada das últimas cinco entre os quatro primeiros colocados do Italiano... O sucesso da Atalanta está no trabalho de base, no longo prazo e na manutenção de seus pilares, dentre eles Marten de Roon, um 'trabalhador silencioso' no meio-campo Bergamasco.

É o segundo jogador em toda a Serie A Tim que mais aplicou pressão para recuperação de posse (557 vezes), e o segundo com mais tackles (77) e interceptações totais (60). Para que o jogo extremamente ofensivo da Atalanta possa ser bem sucedido como vem sendo, é imprescindível que os volantes sejam combativos e gerem jogo. De Roon o faz com maestria.

6. Wilfried Ndidi (Leicester City)

Ndidi ficou com a vaga que era de Kanté no Leicester | Michael Regan/Getty Images
Ndidi ficou com a vaga que era de Kanté no Leicester | Michael Regan/Getty Images

Substituir N'Golo Kanté seria uma missão ingrata, mas o Leicester City foi certeiro na missão quando buscou o nigeriano Ndidi junto ao Genk, da Bélgica. Disciplinado taticamente, técnico e também voluntarioso, une o melhor dos mundos e se transformou em um dos pilares dos Foxes.

Faz uma grande temporada com a camisa azul e, assim como seu antecessor, está muito bem posicionado nos rankings das principais estatísticas defensivas da Premier League: é o quinto com mais tackles (88), além de somar 45 interceptações totais. Além disso, tem 37,1% de sucesso nas tentativas de pressionar o rival para recuperar a posse, o sétimo melhor aproveitamento do Campeonato Inglês.

7. Wataru Endo (Stuttgart)

Endo lidera a Bundesliga em estatísticas de defesa | Christian Kaspar-Bartke/Getty Images
Endo lidera a Bundesliga em estatísticas de defesa | Christian Kaspar-Bartke/Getty Images

É possível que o japonês seja o nome menos conhecido dessa lista, mas não deveria: seu nível de atuações na temporada 2020/21 merece todo o reconhecimento possível.

Incansável na contenção, é o 'pulmão' do setor de meio-campo do Stuttgart e lidera praticamente todas as estatísticas defensivas da Bundesliga: 1º em tackles (86), 1º em divididas vencidas (61), 2º em pressão pela recuperação da posse (589 vezes) e 3º em dribles defendidos (29). Está concorrendo a uma vaga no meio-campo da seleção do Campeonato Alemão, com justiça.

8. Fernandinho (Manchester City)

Fernandinho é um dos jogadores mais respeitados por Guardiola | Robbie Jay Barratt - AMA/Getty Images
Fernandinho é um dos jogadores mais respeitados por Guardiola | Robbie Jay Barratt - AMA/Getty Images

Fechamos essa lista com o brasileiro Fernandinho. Ele não terá os números inflados como seus antecessores nessa lista, até porque oscila entre titularidade e reserva no Manchester City atual.

Contudo, não poderíamos deixar de citá-lo nessa lista de atletas operários, pelo "simples" fato de ser um dos melhores jogadores de grupo com o qual Pep Guardiola já trabalhou. Isso é algo que o próprio técnico catalão admite, sem medo algum, em quase todas as entrevistas que concede.

Abrindo o meio-campo ou no miolo de zaga, o experiente jogador se encaixa, se adapta e entrega performances. Tem um QI de futebol muito acima da média, e isso ajuda a explicar sua longevidade em alto nível em uma das ligas de maior demanda física do futebol mundial.