Os 5 pontos que fizeram Neymar mais maduro

Para Neymar, é tudo ou nada. Seu compromisso incansável com o drible, sua auto-confiança indestrutível e sua força mental impressionam. O brasileiro é um exemplo de resiliência, a palavra chave entre os departamentos de RH de todo o mundo.

O camisa 11 do Barcelona parece crescer na adversidade e tem capacidade de se reconstruir e se adaptar a todos os tipos de contextos negativos. Ao longo da temporada, esteve em cenários de pressão máxima, mas transformou os desafios em oportunidades para o crescimento pessoal. O jornal Sport, da Espanha, analisa os motivos que fizeram Neymar amadurecer tanto.

Neymar, Barcelona
(Foto: Getty Images)

VEJA TAMBÉM:
Guardiola em situação "incomum" | Griezmann nega rumores | O trio MSN é o melhor?

Confira os cinco principais motivos que fizeram Neymar amadurecer:

1. Caso DIS

De todas as batalhas judiciais em que o brasileiro esteve envolvido desde sua transferência para o Barça, uma, especialmente, tem prejudicado ele na esfera pessoal: a reclamação do grupo DIS. O fundo de investimento comprou em 2009, 40% dos direitos econômicos do brasileiro, e quando o atacante foi vendido, alega que não recebeu o valor devido. O caso, que gera problemas para ele se seu pai, apesar de tudo, fez Ney focar no seu futebol.

Os números de Neymar na La Liga:

Neymar Barcelona 08032017
(Foto: Getty Images)

2. Justiça brasileira

A receita de direitos de imagem para os jogadores geralmente causa problemas para os mesmos em relação a cobrança de impostos em todo o mundo. O Tesouro Nacional chegou a punir Neymar e este caso também perturba sua família. Mas, nada disso, nem as frequentes audiências, afetaram seu desempenho. Pelo contrário...

Neymar Brazil Gold Medal Rio 2016 Olympics

(Foto: Getty Images)

3. Ouro olímpico

Há títulos que representam um salto qualitativo na carreira de um jogador. Isto é o que aconteceu, por exemplo, na Euro 2008, com Iniesta ou Xavi, e também com Neymar nos Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro. Após a ferida do 7-1 contra a Alemanha nas semifinais da Copa do Mundo de 2014, foi o recomeço para os torcedores brasileiros.

Ney aceitou o desafio de conquistar o único título que o Brasil não tinha, que Romário, Ronaldo, Rivaldo e Ronaldinho Gaúcho falharam tentando. Sob uma pressão sufocante, Ney, maduro como nunca, soube conduzir, junto de seus companheiros, a equipe à glória.

4. O refúgio do trio MSN

O trio MSN é a antítese da fogueira das vaidades. A chave para seu sucesso de Messi, Suárez e Neymar juntos, reside na perfeita harmonização profissional e pessoal de seus membros. Os três se ajudam e a presença de cada um deles faz o outro evoluir. Não há ciúmes e nesse ambiente, o crescimento é exponencial.

Os números deNeymar na Champions:

MSN
(Foto: Getty Images)

5. Imunidade a provocações

"Eu não vou mudar o meu jogo ou a minha maneira de ser", disse Neymar em 2010, quando tinha 18 anos e era uma estrela em ascensão do Santos e no futebol brasileiro. O craque estava convencido de que dribar é o melhor antídoto para superar as defesas.

O brasileiro manteve a mesma postura, mas por vezes, acabava caindo em provocações. Agora, após sofrer com isso, Ney parece saber como fazer deixar os adversários com medo, mas sem cair nas provocações ou se irritar quando sofre uma falta mais dura.