Os 5 maiores brasileiros da história do Barcelona

·3 minuto de leitura

O Barcelona é famoso por ter craques internacionais em seus elencos. Entre estes gênios do futebol, os brasileiros não poderiam estar fora de uma seleta lista dos melhores e maiores craques da história do clube, sendo eles responsáveis por atuações memoráveis e títulos importantes. De tantos grandes jogadores, que também vestiram muito bem a amarelinha, destacamos cinco dos maiores brasileiros da história do Barcelona.

5. Romário

Romário com a camisa do Barça | Chris Cole/Getty Images
Romário com a camisa do Barça | Chris Cole/Getty Images

Contratado após boa temporada no PSV-HOL, em 1993, Romário chegou à Catalunha sendo o jogador brasileiro mais bem pago do mundo. Em campo, o brasileiro rendeu cada centavo investido, a ponto de suas grandes atuações terem rendido a ele o prêmio de melhor jogador do mundo no ano que antecederia a Copa do Mundo de 1994, onde foi também decisivo. Com a camisa Culé, o Baixinho foi campeão espanhol, disputou 65 jogos e marcou 39 gols.

4. Ronaldo

Ronaldo nos tempos de Barcelona | Alessandro Sabattini/Getty Images
Ronaldo nos tempos de Barcelona | Alessandro Sabattini/Getty Images

Mais um jogador brasileiro, mais um craque que passou pelo PSV-HOL, mais um carioca, mais um que foi eleito melhor do mundo com a camisa blaugrana, mais um cujo o nome começa com a letra R. Ronaldo, com apenas 20 anos, em 1996, já era o novo Bola de Ouro, o mais jovem a ganhar o prêmio na história do futebol. Com apenas uma temporada na Catalunha, o Fenômeno também ganhou a chuteira de ouro da UEFA, a Copa do Rei e a Recopa Europeia. Em sua passagem, foram 47 gols em 49 jogos.

3. Neymar

Neymar com a camisa blaugrana | David Ramos/Getty Images
Neymar com a camisa blaugrana | David Ramos/Getty Images

Com 105 gol em 186 jogos, Neymar passou quatro temporadas com a camisa do Barça. Peça importante da equipe, formou o famoso trio MSN, junto de Messi e Suárez. Campeão da UEFA Champions League, com direito a gol na final, dois Campeonatos Espanhois, duas Supercopas da Espanha e três Copas do Rey e um Mundial Interclubes, Ney fez parte de um dos elencos mais vitoriosos da história do Barcelona. O jogador, revelado no Santos FC, clube cujo o craque deixou em 2013, partiu para o PSG em 2017, onde joga até hoje.

2. Daniel Alves

Dani Alves defendendo as cores do Barcelona | Alex Caparros/Getty Images
Dani Alves defendendo as cores do Barcelona | Alex Caparros/Getty Images

O maior campeão da história do futebol mundial, e atual jogador do São Paulo, conquistou boa parte dos seus títulos com a camisa azul-grená. O jogador que deixou o Sevilla, em 2008, para virar jogador do Barcelona, disputou oito temporadas, praticamente sendo o dono da lateral direita dos catalães. Com 21 gols em 391 partidas com a camisa do Barça, Dani Alves ganhou títulos importantíssimos como a UEFA Champions League (3 vezes), a Supercopa da UEFA (3 vezes), Mundial de Clubes (3 vezes), Campeonato Espanhol (6 vezes), Copa do Rey (4 vezes) e a Supercopa da Espanha (4 vezes).

1. Ronaldinho

O Bruxo! O brasileiro mais importante da história do Barcelona | LLUIS GENE/Getty Images
O Bruxo! O brasileiro mais importante da história do Barcelona | LLUIS GENE/Getty Images

Mágico! Craque! Impressionante! Poucas vezes, na história do futebol mundial, um jogador conseguiu encantar tantas pessoas e, até mesmo, mudar um clube de patamar, tal qual ele fez no ano de 2004. O jogador que chegou ao Barcelona em 2003, após ótimas apresentações com a camisa do PSG, teve sua contratação, feita pela equipe catalã, tida como parte de um pacote de contratações importantes para que o clube voltasse ao ponto mais alto do futebol europeu. O Bruxo valeu cada centavo investido, principalmente nas temporadas 2004-05 e 2005-06, onde na primeira dita o jogador foi Campeão Espanhol e da Supercopa da Espanha, além de ter sido escolhido como o melhor jogador do mundo. Na segunda temporada destacada, o craque venceu novamente o prêmio individual pela FIFA, venceu o Campeonato Espanhol, a Supercopa da Espanha e, finalmente, a UEFA Champions League. Ronaldinho, após 94 gols em 207 jogos, em 2008, trocou o Barcelona pelo Milan.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos