Os 4 maiores argentinos da história do Inter

·2 minuto de leitura

O anúncio de Gabriel Mercado como novo zagueiro do Inter nos faz voltar ao passado. Afinal, quais são os argentinos que mais fizeram sucesso com a camisa colorada? Nomes com muita história, como Abbondanzieri, Goycochea, Dátolo e Lisandro López, passaram pelo Beira-Rio sem muito destaque - o primeiro, apesar de tudo, ainda fez parte do grupo campeão da América de 2010. No entanto, a gente elegeu o top 4 de nomes que realmente estão marcados na história do clube.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

1. D'Alessandro

D'Ale devolveu a América aos colorados em 2010 | Buda Mendes/Getty Images
D'Ale devolveu a América aos colorados em 2010 | Buda Mendes/Getty Images

Está entre os maiores dolos de todos os tempos do clube. Chegou em 2008 para, logo em seguida, ganhar uma Sul-Americana. Depois, em 2010, levou o Inter ao bicampeonato da Libertadores. Exceção feita ao ano de 2016, quando pediu para ser emprestado ao River Plate, ficou no Beira-Rio até o final de 2020 de forma ininterrupta.

2. Guiñazu

Cholo está ma memória de qualquer torcedor do Inter | LatinContent/Getty Images
Cholo está ma memória de qualquer torcedor do Inter | LatinContent/Getty Images

Reconhecido por sua garra e dedicação, vestiu a camisa colorada de 2007 a 2012, sendo protagonista, também, de uma era absolutamente vitoriosa do clube. Ninguém esquece o "Cholo".

3. José Villalba

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

O atacante jogou no Inter na década de 1940, está no top 10 de artilheiros da história do clube (153 gols) e teve muito sucesso em Gre-Nais (20 tentos). Fez parte do inesquecível Rolo Compressor.

4. Víctor Cuesta

Zagueiro incorporou o espírito vermelho e virou referência | Pool/Getty Images
Zagueiro incorporou o espírito vermelho e virou referência | Pool/Getty Images

O zagueiro ainda faz parte do elenco vermelho. Em Porto Alegre desde 2017, chegou ao clube no momento mais complicado de sua história e se comprometeu de forma tal que virou referência para os colorados. Há quem o considere superior a nomes como Índio.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos