Orlando Ribeiro ainda não repetiu escalação no comando do Santos

Orlando Ribeiro ainda não repetiu escalação no comando do Santos (Foto: Ivan Storti/Santos FC)


Técnico do Santos até o final da temporada, Orlando Ribeiro ainda não conseguiu repetir uma escalação no comando da equipe. Em oito jogos sob o comando do treinador, o Peixe teve 22 titulares diferentes seja por problemas de suspensões e lesões ou mesmo por opção do técnico.

Apenas dois jogadores foram titulares em todos os jogos da Era Orlando Ribeiro: o goleiro João Paulo e o atacante Marcos Leonardo.

Na lateral-direita, o Santos já teve três titulares diferentes nestes jogos: Nathan (4), Madson (3) e Auro (1). Titular contra o Flamengo, Madson recebeu o terceiro cartão amarelo e terá de cumprir suspensão diante do Atlético-GO e a vaga será disputada por Auro e Nathan.

Na lateral-esquerdo, Felipe Jonatan é o titular indiscutível, mas Lucas Pires começou a partida contra o Internacional pela suspensão do companheiro.

Na zaga, a dupla considerada titular é Eduardo Bauermann e Maicon, mas o segundo está fora desde a partida contra o Athletico-PR devido a uma lesão. Ele deve voltar contra o Atlético-GO. Sem Maicon, Luiz Felipe (5 jogos) e Alex (dois jogos) já foram titulares no Peixe. Bauermann ficou fora apenas do jogo contra o Corinthians devido a uma suspensão pelo terceiro cartão amarelo.

Orlando Ribeiro parece ter encontrado a sua formação ideal no meio-campo, com Rodrigo Fernández, Camacho e Ed Carlos. O trio foi titular nas três últimas partidas, mas o treinador já fez diversos testes no setor. Em sua estreia, diante do Palmeiras, o treinador escalou Camacho, Zanocelo e Soteldo. Os dois últimos não atuam há tempos, sendo Zanocelo por opção do técnico e Soteldo por uma lesão.

Carlos Sánchez, Luan e Lucas Barbosa também já tiveram chances no meio-campo titular do Peixe, que vai mudar novamente na partida contra o Atlético-GO, já que Rodrigo Fernández terá de cumprir suspensão pelo terceiro cartão amarelo.

No ataque, Marcos Leonardo já teve a companhia de Lucas Braga, Lucas Barbosa, Ângelo e, na última partida, Jhojan Julio. O time idealizado por Orlando Ribeiro atualmente parece ter Lucas Braga, Marcos Leonardo e Ângelo.

Nos oito jogos sob o comando de Orlando Ribeiro, o Peixe obteve três vitórias e cinco derrotas. Além de não repetir escalação, o treinador ainda não empatou no comando da equipe.