Orlando Luz e Zormann levam o título de duplas em Piracicaba

João Pires/Fotojump


Orlando Luz e Marcelo Zormann, atletas da ADK Tennis, de Itajaí (SC), conquistaram o título de duplas do challenger de Piracicaba (SP). O argentino Renzo Olivo foi obrigado a se retirar por uma gastroenterite e a parceria verde e amarelo ficou com o prêmio de R$ 24 mil, além de 75 pontos para o ranking mundial.

Sem perder sets, Orlandinho e Zormann conquistaram, em Piracicaba, seu maior título como profissionais. Em partida adiada pela chuva, os brasileiros enfrentariam os argentinos Andrea Collarini e Renzo Olivo, cabeças 4, porém uma inflamação estomacal fez a dupla hermana sequer entrar em quadra.

Campeões de Wimbledon no juvenil, em 2014, o gaúcho e o paulista se conhecem há muitos anos e o entrosamento fez a diferença para uma semana perfeita em Piracicaba. Antes do duplo W.O, Luz e Zormann desbancaram os bolivianos Boris Arias e Federico Zeballos, cabeças 1, nas quartas de final em uma atuação próxima da perfeição.

“Estou muito feliz. É o meu primeiro título de Challenger e veio no Brasil, logo na primeira edição aqui em Piracicaba. O que deixa mais especial ainda é ter vindo ao lado do Orlando, um irmão que a vida me deu. Queria agradecer também ao nosso treinador, o Kim (Wasem), primeira semana viajando com a gente e deu sorte. À INNI também, logo no primeiro torneio dessa parceria começando com um título. Agradeço também à minha irmã, que não pôde vir hoje, mas esteve comigo ao longo da semana. Que este seja apenas o primeiro de muitos títulos por vir", disse Zormann.

O título do ATP Challenger de Piracicaba fará os brasileiros subirem importantes posições na lista da próxima segunda-feira. Luz, de 24 anos, está retornando ao top 200 do ranking, enquanto que Zormann subiria mais de 60 colocações, colando no 210º lugar.

Em 2022, a dupla brasileira se sagrou campeã de três torneios Futures de US$ 25.000 de premiação. Desta vez, a conquista foi ainda mais expressiva e o melhor está por vir: com melhor ranking, ambos poderão ter a chance de repetir a dose de Piracicaba e jogarem de forma fixa em 2023.