Organizadas do Vasco invadem São Januário e 'interditam' salas do clube

·1 minuto de leitura


Integrantes de torcidas organizadas do Vasco invadiram a sede de São Januário nesta sexta-feira. Dezenas de pessoas chegaram até a sala presidencial e passaram faixas como que interditando este e outros locais.

O protesto é contra o mau momento do time, mas as cobranças foram a diferentes setores. Ao presidente do clube, Jorge Salgado; ao primeiro vice-geral, Carlos Roberto Osório; ao CEO, Luiz Mello, e também ao zagueiro Leandro Castan.

- Cadê você, Salgado? Cadê Osório? Cadê Luiz Mello? Cadê Mussa? Aqui não é invasão, não, a casa é nossa! Estamos cansados, Salgado! Ô, Castan! Vamos cobrar esse elenco, você é o capitão. Ninguém no clube! Estão dando folga? A torcida está interditando, está interditado - afirma um dos protestantes.

-> Confira a tabela da Série B do Campeonato Brasileiro

Mussa, citado acima, é ex-presidente da Assembleia Geral do clube Faués Mussa, sem cargo no clube atualmente. Não há, até o momento, registro de encontro dos integrantes de organizadas com alvos dos protestos. No caso de Castan, o treino é no CT Moacyr Barbosa, na Zona Oeste. Havia policiais militares na entrada de São Januário.

Alguns dos vídeos que circulam foram divulgados primeiramente pelo perfil no Twitter "Colina Informa". O Vasco ainda não se manifestou sobre o ocorrido.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos