Organizada do Palmeiras protesta após derrota: ‘Time sem vergonha’ e ‘Maurício banana’

·1 minuto de leitura


O reencontro do Palmeiras com o público não terminou como a torcida esperava e, após a derrota para o Red Bull Bragantino por 4 a 2, a principal organizada do clube protestou contra o time e o presidente Mauricio Galiotte.

Ao final da partida no Allianz Parque, gritos de ‘time sem vergonha’ e ‘Maurício banana’ foram entoados no setor gol norte, local em que os torcedores ficam.


O primeiro compromisso com público contou com 30% da capacidade total do estádio e o público foi de 8.884 torcedores para uma renda bruta de R$ 538.312,34.

O Palmeiras volta a campo no Allianz Parque no próximo domingo (17) contra o Internacional. Na terça-feira (12), o time enfrenta o Bahia, fora de casa.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos