Organizada do Flamengo repudia cantos que ofenderam Pelé em jogo contra o Audax-RJ

Rubro-negros foram amplamente criticados após o ocorrido (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)


A torcida do Flamengo sofreu críticas na noite da última quinta-feira, após cantar música que ofende Pelé para exaltar o ídolo Zico, no Maracanã. Depois dos ataques, a organizada rubro-negra "Fla Manguaça" publicou uma nota para esclarecer o ocorrido e confirmar que os gritos não vieram de seus integrantes.

+ Veja as principais movimentações do Flamengo no mercado da bola

O jogo contra o Audax-RJ marcou a estreia do Maracanã em 2023 e, por isso, uma homenagem para Roberto Dinamite e Pelé foi lançada nos telões. Durante a ação, alguns torcedores do Flamengo cantaram a música, que pôde ser ouvida na transmissão e no estádio.

O ocorrido gerou muitas críticas à torcida do Flamengo e, por isso, a Fla Manguaça decidiu publicar a nota para esclarecer a situação. Em contato com o LANCE!, a Nação 12, outra organizada rubro-negra, também confirmou que jamais compactuou com os cantos. O próprio Zico condenou os atos.

+ Supercopa do Brasil, entre Palmeiras e Flamengo, tem transmissão definida

VEJA A NOTA NA ÍNTEGRA

"Tomando conhecimento das publicações/comentários, nós da Torcida Fla Manguaça viemos a público com a seguinte nota:

Na partida de ontem (12/01) entre Flamengo x Audax, em seu minuto de silêncio, nós da Fla Manguaça respeitamos, parando nossa bateria. Quando citado o nome de Roberto Dinamite, nós da Fla Manguaça aplaudimos.

O "canto" que até mesmo o próprio Zico repudia e que hoje não cabe mais por falta de respeito, não foi realizado por nós da Fla Manguaça. Repudiamos veementemente, em tempos atuais e por motivos óbvios, esse canto.

Rei Pelé e Roberto Dinamite são nomes a serem respeitados, até mesmo por seus clubes adversários. E nós o fizemos!"