Operário-PR vence, se aproxima do G-4 e afunda o Náutico

LANCE!
·1 minuto de leitura


No Germano Kruger, o Operário-PR se aproveitou do momento delicado do Náutico e venceu por 3 a 1. Com o placar, o Fantasma chegou aos 29 pontos, na 8ª posição. O Timbu é o 17º colocado, com 20 pontos.

Na próxima rodada, o Operário-PR recebe o América-MG. O Náutico busca a reação diante do CRB, no Rei Pelé.

O jogo

O Operário-PR começou o duelo no campo de ataque. Com intensidade, o Fantasma colocava o Timbu no campo de defesa e exigia boas aparições do goleiro Halls. Na melhor defesa, ele parou a cabeçada de Douglas Coutinho.

Sem sofrer incômodo na defesa, o Operário explorava os espaços e Jean Carlo, no passe de Ricardo Bueno, soltou a bomba. Bem colocado, Halls espalmou.
De tanto insistir, o Operário-PR abriu o placar perto do intervalo. Ricardo Bueno recebeu na grande área e soltou a bomba para vencer o arqueiro.

Na etapa final o ritmo do jogo caiu. Se o Náutico permanecia inerte, o Fantasma apenas administrava e quando forçou ampliou. Douglas Coutinho recebeu na intermediária, cortou o zagueiro e arriscou, 2 a 0.

Em raro momento de entendimento do ataque do Timbu, o Náutico descontou através de Kieza. No passe de Ruy, o camisa 9 soltou a bomba e balançou a rede.

A reação parou por aí e o Operário sacramentou a vitória nos minutos finais. Na descida de Tomas Bastos, a bola chegou na medida para Douglas Coutinho desviar e ampliar, 3 a 1.