Onde estão os haters agora? Luis Enrique provou ser uma lenda do Barcelona

Goal.com

Onde estão os críticos agora? Luis Enrique teve que lidar com todo o tipos de ódio e abuso durante o seu reinado no Barcelona, ​​mas o asturiano saiu sorrindo mais uma vez na noite de quarta-feira (8). E é hora de aceitar que ele é uma lenda no clube catalão.

Ele já era, é claro - como jogador e treinador. Luis Enrique levou o Barça a uma tríplice coroa em sua primeira temporada no Camp Nou, fazendo o mesmo que a grande equipe de Pep Guardiola fez em 2008-09, e após a incrível virada sobre o PSG, pela Champions League, ele segue na briga pelos três principais títulos da temporada, novamente.

Lionel Messi Barcelona Fans Barcelona PSG Champions League 09032017
Lionel Messi Barcelona Fans Barcelona PSG Champions League 09032017

(Foto: Getty Images)

VEJA TAMBÉM:
Pato perde pênalti na China | Crônica: Palmeiras 3 x 0 São Paulo | Neymar fora de treino do Barça

Guardiola foi a voz da razão. Quando o Barça oscilou, ainda no começo do trabalho de Luis Enrique, ele disse: "Tudo leva tempo. Luis Enrique triunfará". Ele fez. Depois da incrível primeira temporada, o ex-meia espanhol levou o Barça à duas importantes conquistas em seu segundo ano e ganhoi oito dos 10 possíveis troféus, se tornando o terceiro treinador mais bem sucedido em toda a história da equipe.

Mas mesmo assim, surgiram queixas de fãs depois que o Barça perdeu por 4 a 0 na primeira partida das oitavas de final da UCL. Novamente, Guardiola advertiu os críticos. "Não critique demais o Barça ou Luis [Enrique] - porque acabarão provando que você está errado".

Mais uma vez ele estava certo. Porque o Barça voltou para ganhar a segunda partida, de maneira impressionante, por 6 a 1. E a vitória, que representa talvez a maior virada da história do futebol mundial, foi planejada por Luis Enrique.

FC Barcelona 08032017
FC Barcelona 08032017


(Foto: Getty Images)

Na partida decisiva, demonstrou todo o seu conhecimento tático, ousou, escalou um 3-4-3, o podia ser a resposta para o time apático que jogou em Paris. "Se marcaram quatro em Paris, podemos marcar seis", disse Luis Enrique na coletiva de imprensa pré-jogo. E acrescentou: "Passei mais horas analisando isso do que em qualquer outra partida".

"Como fã, estou muito triste porque estamos perdendo o técnico perfeito para o Barcelona", disse Guardiola ao ouvir a decisão de Luis Enrique de ir embora.

Campeão ou não da edição atual da Champions League, Luis Enrique já é uma lenda e sairá do Camp Nou, conforme anunciou, por cima, deixando saudade. Quando Pep fala, a torcida do Barcelona deve ouvir. Só neste texto, duas previsões dele citadas, sobre o clube catalão, se provaram corretas.

Leia também