Olimpíadas: Quem são os atletas mais velhos em Tóquio?

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Australiana Mary Hanna, de 66 anos, será a atleta mais velha nas Olimpíadas de Tóquio (Foto: Sean M. Haffey/Getty Images)
Australiana Mary Hanna, de 66 anos, será a atleta mais velha nas Olimpíadas de Tóquio (Foto: Sean M. Haffey/Getty Images)

A idade não é obstáculo quando o assunto são as Olimpíadas. E engana-se quem pensa que só os mais jovens estão em busca de uma medalha neste ano.

Os Jogos Olímpicos de Tóquio reúnem atletas veteranos. Alguns deles, com idade acima dos 60 anos.

Leia também:

É o caso da australiana Mary Hanna, que vai competir no adestramento individual e por equipes do hipismo. Aos 66 anos, ela será a atleta mais velha nas disputas no Japão.

Tóquio-2020 marca a sexta participação de Hanna nas Olimpíadas. Antes, a australiana disputou os Jogos de Atlanta (1996), Sydney (2000), Atenas (2004), Londres (2012) e Rio (2016).

Além de Hanna, o time de hipismo australiano contará com Andrew Hoy, de 62 anos. Dono de três ouros olímpicos, ele vai disputar a sua oitava Olimpíada – o cavaleiro marca presença nos Jogos desde a edição de 1984, em Los Angeles.

Marcelo Tosi é brasileiro mais velho em Tóquio

Entre os veteranos brasileiros em Tóquio, o mais velho também será um atleta do hipismo. Trata-se do cavaleiro Marcelo Tosi, que vai disputar os Jogos aos 51 anos.

Medalhista nos Pan-Americanos de 1999 e 2011, Tosi vai participar de sua terceira Olimpíada – ele representou o Time Brasil em Pequim-2008 e Londres-2012.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos