Olimpíada de Tóquio: Por falta de kits, atletas não fizeram testes para a Covid-19, diz emissora

·2 minuto de leitura
Jogos Olímpicos de Tóquio 2020

Os organizadores dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 estão enfrentando a escassez de kits de teste para a Covid-19, necessários para seu esquema diário de testagem, e há atletas que não foram testados hospedados na vila dos atletas, em Tóquio, devido à falta dos insumos, informou a emissora NHK. 

Os atletas que chegaram à vila na segunda-feira não foram testados conforme o planejado, informou a NHK nesta sexta-feira, segundo fontes não identificadas. A emissora citou os organizadores dizendo que mais kits chegaram e estão sendo distribuídos. 

Leia também:

A Tóquio 2020 informou à Reuters que respondeu a informações desta semana sobre as equipes não estarem recebendo seus kits de teste e que foi capaz, após uma "breve interrupção", de "manter padrões justos e iguais" (de testagem) para todas as equipes nacionais e permanecer em linha com o manual de prevenção à Covid-19. 

Foi informado que um grande número de kits será entregue na vila no sábado, garantindo "que os testes possam ocorrer sem problemas durante toda a duração da estadia." 

Nesta sexta-feira (23), os organizadores anunciaram que mais três atletas inscritos nos Jogos, incluindo um que está na vila olímpica, tiveram testes positivos para a Covid-19.

Com isso, as infecções pela doença relacionadas ao evento aumentaram em 19, informaram os organizadores, o que leva o total de casos para 106.

O governo de Tóquio também atualizou os números do coronavírus: 1.359 novos casos foram confirmados nesta sexta, feriado na capital japonesa, 88 a mais do que na sexta-feira da semana passada. Há 34 dias, os números estão em alta se comparados aos do mesmo dia da semana anterior. Na quinta, o número de novas contaminações foi maior: 1.979.

República Tcheca investiga se voo fretado causou surto de Covid

O Comitê Olímpico Tcheco investiga se um voo fretado que levou parte de sua delegação aos Jogos de Tóquio pode ter causado um surto de Covid-19 entre os representantes do país em território japonês.

Até a tarde desta quinta (22), cinco pessoas que estavam no voo investigado testaram positivo e foram colocadas em insolamento. Três delas são atletas.

De acordo com a Agência Tcheca de Notícias, 42 pessoas estavam no voo, 14 atletas entre elas. Existem rumores de que nem todos usavam máscaras e que um dos médicos não tinha tomado vacina.

"A situação é séria. Nós fizemos o nosso melhor para parar a transmissão do vírus, mas não conseguimos evitar tragédias esportivas", afirmou o chefe da delegação do país, Matin Doktor.

por Sam Nussey, de Tóquio, para a Reuters

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos