Olimpíada de Tóquio 2021: veto a touca afro pode ser revisto após repercussão negativa

·3 minuto de leitura
Alice Dearing com trajes de natação encostada na parede
Alice Dearing, fotografada com uma touca Soul Cap, será a primeira mulher negra a representar a Grã-Bretanha em uma competição olímpica de natação

A Federação Internacional de Natação (Fina) anunciou estar revisando sua decisão recente de não certificar uma touca desenvolvida especialmente para nadadores negros, produzida pela empresa Soul Cap. A não certificação impede o uso do item em competições internacionais, como a Olimpíada de Tóquio.

A Fina havia dito que o produto era inadequado para este fim por não seguir "a forma natural da cabeça". O posicionamento gerou críticas de muitos atletas, alguns afirmando que isto desencorajaria a atuação de negros no esporte. Após as reações, a Fina afirmou ter entendido "a importância da inclusão e da representatividade".

"A Fina está empenhada em garantir que todos os atletas de esportes aquáticos tenham acesso a trajes de banho adequados para a competição, garantindo que estes itens não configurem uma vantagem competitiva", afirmou a federação em nota.

A Soul Cap produz toucas de natação que protegem dreadlocks, afros, tramas, extensões de cabelo, tranças e cabelos grossos e encaracolados. O cabelo de pessoas negras tende a ser naturalmente mais seco, e o cloro usado nas piscinas podem resseca-lo ainda mais, danificando-o. A touca foi desenvolvida considerando estas características.

Uma jovem nadadora disse que ficou "de coração partido, mas não surpresa" com a decisão. Kejai Terrelonge, de 17 anos, disse à Radio 1 Newsbeat, da BBC, que cuidar dos cabelos é uma das muitas barreiras que ela enfrenta como nadadora negra.

"Usava as toucas menores que todo mundo usa — cabia na minha cabeça, mas como eu colocava óleo [protetor] no meu cabelo, quando estava nadando, ela simplesmente escorregava, e meu cabelo ficava molhado", disse Kejai.

Toucas podem 'reduzir barreiras'

Foto tirada de cima mostra cinco crianças em aula de natação, usando pranchas
Dados da Swim England mostram que, na Inglaterra, o percentual de crianças que praticam natação é menor entre as negras do que as brancas

Na Inglaterra, o órgão nacional dedicado à natação, o Swim England, publicou um comunicado para "tranquilizar" as pessoas de que as toucas Soul Cap são permitidas em competições domésticas. O Swim England acrescentou que levaria suas suas "preocupações" sobre a rejeição da Fina "através dos canais apropriados".

"Toucas de natação projetadas para cabelos afro podem reduzir as barreiras ao esporte para grupos sub-representados, como são os negros", diz a organização.

Segundo o relatório Sport England de janeiro de 2020, na Inglaterra, cerca de 29,3% das crianças brancas praticam a natação, enquanto este número é de 21,9% entre as crianças asiáticas e 20,1% entre as negras.

Os fundadores da Soul Cap, Michael Chapman e Toks Ahmed-Salawudeen, disseram estar gratos pelo apoio que tiveram após a rejeição da Fina à touca que produzem.

Eles dizem ter crescido sem saber nadar porque não achavam que este "era um esporte para nós". "Não era uma coisa comum entre nossos amigos e não era incentivada pela escola ou pelos pais".

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Em 2017, eles decidiram fazer aulas juntos — onde conheceram uma mulher negra que reclamava do tamanho de sua touca de natação. "Depois de conversar com nossas mães, irmãs, amigas e perceber a falta de trajes de banho adequados para nadadores com cabelo afro, tranças, dreadlocks ou qualquer tipo de cabelo volumoso, decidimos criar o nosso próprio", relataram.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos