De olho na Libertadores, Flamengo busca acordo com Renato Gaúcho neste sábado; veja detalhes

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


Não há tempo a perder no Flamengo. Poucas horas após anunciar a demissão de Rogério Ceni, o clube já tem o alvo definido e busca chegar a um acordo com Renato Gaúcho ainda neste sábado. Uma reunião entre a diretoria rubro-negra, o treinador e o empresário dele pode selar o negócio nas próximas horas. A informação foi divulgada inicialmente pelo portal "ge".

+ Renato Gaúcho é o alvo do Flamengo para substituir Rogério Ceni

A ideia dos dirigentes é que, caso tudo ocorra como planejado, Renato Gaúcho já embarque com a delegação do Flamengo na segunda-feira para Argentina. Na quarta, o clube encara o Defensa y Justicia, pelo jogo de ida das oitavas de final da Libertadores.

Apesar de certa resistência interna e de parte da torcida, o nome de Renato Gaúcho ganhou força pela viabilidade - tanto financeira quanto logística. Um treinador estrangeiro, perfil bem-visto pela diretoria, seria mais caro e poderia levar mais tempo para se adaptar ao futebol brasileiro.

De acordo com a reportagem, o Flamengo vai oferecer um contrato curto, até o fim de 2021, mas com renovação automática em caso de reeleição de Landim. O salário seria maior do que o de Rogério Ceni (cerca de R$ 400 mil), mas consideravelmente menor que o R$ 1 milhão que o treinador recebia no Grêmio. Se renovar, o técnico teria um reajuste no valor. O clube também deve incluir grandes premiações em caso de títulos.

Livre no mercado desde que deixou o Grêmio em abril, Renato Gaúcho já declarou diversas vezes a vontade de treinar o Flamengo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos