Olho em atacantes e responsabilidade financeira: os passos do São Paulo no mercado da bola

·2 minuto de leitura


Depois do título do Campeonato Paulista, o São Paulo agora projeta a sequência da temporada. Para isso, alguns reforços foram contratados e outros podem aparecer, mas sempre com cautela e responsabilidade financeira, conforme o planejamento da diretoria.

É campeão! Lembre como foi a trajetória do São Paulo jogo a jogo no Paulistão 2021

Segundo apurou o LANCE!, entre os setores que o Tricolor mapeia jogadores no mercado, está o ataque. Com somente Pablo e Luciano como centroavantes, a equipe do Morumbi quer pelo menos mais uma peça para compor aquela faixa final do campo. No entanto, nada de fazer loucuras.

- No caso do ataque, nós temos o Pablo. Essa é uma carência do futebol brasileiro, mas o Pablo vem evoluindo. Estamos sempre atentos à oportunidade de mercado, mas temos que ter responsabilidade financeira - disse o presidente do clube, Julio Casares, à 'ESPN Brasil'.

A mesma linha foi seguida pelo diretor do clube, Carlos Belmonte. Segundo ele, a posição de centroavante está escassa no mercado e o São Paulo busca alguma oportunidade para fazer negócio.


- O Pablo é um jogador importante para gente, um cara de grupo, sempre pensando no grupo, dedicado. Ele é o único centroavante do time, tem o Vitor Bueno que o Crespo tem trabalhado para aquela posição. A gente que tem essa lacuna (no elenco), mas também é uma posição carente no mercado. A gente está atrás de possibilidade no mercado - afirmou ao 'De Placa'.

Vale lembrar que o São Paulo consultou alguns atacantes no mercado da bola, como o argentino Borré. No entanto, as condições apresentadas foram acima do que a diretoria esperava e as negociações não avançaram.

Reforços devem chegar nos próximos dias
Enquanto mapeia o mercado em busca de reforços, o São Paulo acertou com dois jogadores que devem desembarcar no Brasil nos próximos dias. O primeiro da lista é o atacante Facundo Milán, de 20 anos, que estava no Defensor (URU). Ele chega, primeiramente, para a equipe sub-20.

Outro nome que fechou com o Tricolor é o de Emiliano Rigoni, meia-atacante de 28 anos, que atuava no Elche (ESP). O contrato do novo reforço tem a duração de três anos, com possibilidade de mais um de renovação.