Oito clubes ingleses enviam pedido ao CAS pedindo manutenção da punição ao Manchester City por violar regras


Oito dos dez primeiros clubes na classificação do Campeonato Inglês apresentaram uma solicitação à Corte Arbitral do Esporte (CAS) para impedir que o Manchester City jogue a próxima Liga dos Campeões e contrários aos apelos dos Sky Blues que foram punidos por dois anos fora da maior competição de clubes da Europa por violarem as regras do Fair Play Financeiro. O único time que ficou de fora, além do próprio City, foi o Sheffield United, de acordo com o “Sportsmail”.

Os clubes, que inclui gigantes como Manchester United, Liverpool, Arsenal e Chelsea, escreveram as cartas separadamente para um escritório de advocacia para que o pedido fosse enviado ao órgão arbitral. O movimento das equipes é significativo e expõe como o time comandado por Pep Guardiola possui uma visão sombria por parte de outros times ingleses.

Um fonte com conhecimento da situação foi idealizadora da posição dos oito clubes e se disse indignada com a postura do Manchester City.

- A sensação é de que basta. Por muito tempo, o City conseguiu se safar por violar as regras às custas de outro clube que não conseguiu entrar na Liga dos Campeões. O medo é que eles sejam capazes de adiar qualquer punição e, caso vençam o recurso, saiam impunes, o que seria escandaloso.

O time do Etihad Stadium foi banido de competições europeias por duas temporadas, além de ter recebido uma multa de 25 milhões de libras da Uefa por violações graves do Fair Play Financeiro. Nos bastidores, os dirigentes negam qualquer ação errada e apelam contra a punição. O apelo, junto a crise do coronavírus, levantou preocupações dos clubes da Premier League de que o caso possa ser adiado.









Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também